Esportes

Sai, zica! Santos faz 3 e alivia crise na estreia de Dorival

Time alvinegro superou Figueirense com tranquilidade

Midiamax Publicado em 12/07/2015, às 00h22

None
faixasantosxfigueirenseguilhermedioniziogazeta.jpg

Time alvinegro superou Figueirense com tranquilidade

Elano desce do ônibus, vira-se para a torcida e ergue os braços seguidas vezes, fazendo cara feia e pedindo apoio. O momento protagonizado por um reserva na chegada à Vila Belmiro diz muito sobre como o Santos venceu o Figueirense , neste sábado, pela 13ª rodada da competição nacional. Sem encantar, o time alvinegro teve de apelar à raça e disposição para triunfar por 3 a 0 e abrandar a crise que já assustava. A estreia de Dorival Júnior no comando técnico santista foi perfeita. Confira como foi a partida em detalhes aqui.

O triunfo alvinegro foi construído de maneira bastante natural. O time até começou o jogo demostrando certo nervosismo, afinal vinha de quatro derrotas consecutivas na Série A , mas precisou de apenas 30 minutos para abrir o placar. Coube a David Braz a responsabilidade de superar o goleiro Felipe após rebote de cobrança de escanteio. O chute forte do zagueiro indicava que o Santos não havia entrado em campo para brincar.

E a seriedade ficou mais do que provada no segundo tempo. De maneira fulminante, a equipe da casa ampliou o marcador logo aos 22 segundos, com Lucas Lima. A vantagem deu imensa tranquilidade aos mandantes, que fizeram mais um com Gabriel, já no meio da etapa final. A jogada do terceiro gol foi criada por Victor Ferraz, pelo lado direito. E é aí que já se pode observar o dedo de Dorival Junior no time alvinegro.

Isto porque uma das primeiras atitudes tomadas pelo técnico no retorno ao Santos, selado na última quinta-feira, foi bancar a volta de Ferraz à sua posição de origem: a lateral direita. Daniel Guedes, que vinha jogando no setor, perdeu lugar no time para o lateral esquerdo Zeca, que também não comprometeu neste sábado.

Outra novidade escalada pelo treinador, Paulo Ricardo foi bem na cabeça de área e mostrou que a escolha por um time com três volantes também foi acertada. O Figueirense, afinal, chegou a ter bons momentos na partida, mas em nenhum momento ameaçou o triunfo santista. Tudo deu certo.

E o Santos enfim se recuperou após quatro derrotas seguidas noCampeonato Brasileiro . Agora, o time da Vila ocupa a 15ª posição, com 13 pontos – quatro acima da zona de rebaixamento. Por sua vez, oFigueirense estaciona na 11ª colocação e nos 13 pontos. No próximo fim de semana, o Santos pega o Palmeiras no Allianz Parque, enquanto o Figueirense recebe o Coritiba .

Jornal Midiamax