Esportes

Após rejeitar oferta do futebol chinês, Jadson comemora: ‘Aqui é Corinthians’

Mesmo com proposta do futebol chinês, meia decidiu permanecer na equipe alvinegra

Clayton Neves Publicado em 25/02/2015, às 20h31

None
20150225175241451545a.jpg

Mesmo com proposta do futebol chinês, meia decidiu permanecer na equipe alvinegra

O meio-campista Jadson usou a internet para falar brevemente sobre sua decisão de permanecer no Corinthians. Com uma proposta de um clube chinês disposto a pagar a multa rescisória para lhe levar, o jogador de 31 anos desistiu do negócio e continuou vestindo preto e branco.

“Queria falar aos mais de 30 milhões de loucos que aqui é Corinthians”, escreveu, em uma das redes sociais de que participa, com destaque para o trecho “aqui é Corinthians”. “Obrigado, Deus, família e amigos, por sempre me ajudarem a fazer a escolha certa”, acrescentou.

A transferência de Jadson para o Jiangsu Sainty chegou a ser dada como certa. Em dificuldades financeiras, o clube do Parque São Jorge aguardava apenas o depósito dos 5 milhões de euros (cerca de R$ 16,3 milhões). Com 30% dos direitos econômicos, a agremiação alvinegra levaria cerca de R$ 4,9 milhões. 

Esse número ainda estava sujeito a impostos e a descontos referentes a uma dívida com os empresários do atleta. Mesmo assim, a diretoria não chegou a fazer um grande esforço para manter o meia, valorizado por Tite. Foi o treinador quem teve maior disposição na tentativa de mudar os planos.

O gaúcho já havia pedido a permanência de Jadson no início do ano, quando ele parecia sem espaço no Corinthians e interessava ao Flamengo. Com a saída de Lodeiro, o paranaense assumiu a vaga de titular e se tornou figura importante no bom início de temporada preto e branco.

Jornal Midiamax