Equipes se enfrentam neste domingo pelo Brasileiro

Após mais de dez dias de treinamentos entre a derrota por 2 a 0 para o e o tropeço diante do paraguaio Guaraní pelo mesmo placar, os titulares do Corinthians ganharam mais tempo de preparação. O técnico Tite confirmou a sua intenção de utilizar um time repleto de jogadores considerados reservas contra o Cruzeiro, no domingo, na primeira rodada do Campeonato Brasileiro – e nem sequer se incomodou quando ouviu o verbo “poupar”.

“Só falta definir a escalação, mas aqueles atletas que iniciaram o jogo com o Guaraní não estarão no domingo porque não têm condições de cunho físico, técnico, tático e emocional”, adiantou Tite, que falou muito mais sobre o Guaraní, adversário das oitavas de final da Copa Libertadores da América, do que sobre o Cruzeiro na tarde desta sexta-feira.

Pouco antes de conceder entrevista coletiva, no entanto, a preocupação do comandante estava voltada ao Campeonato Brasileiro. Ele supervisionou atividades com bola apenas para os seus atletas reservas, que serão utilizados na Arena Pantanal. Os verdadeiros titulares correram ao redor dos campos do CT Joaquim Grava ou fizeram trabalho de fortalecimento muscular.Dessa maneira, a linha de defesa do Corinthians ficou definida com Edílson, Edu Dracena, Yago e Uendel. O quarteto realizou exercício específico de marcação nesta tarde. O goleiro Cássio, que falhou feio contra o Guaraní, irá se juntar a eles dentro de campo contra o Cruzeiro.

A dúvida ficou no ataque. Desfalques na derrota no Paraguai por suspensão – e aguardando julgamento da Conmebol para saber se poderão disputar a revanche com o Guaraní -, Emerson e Stiven Mendoza poderão atuar abertos na frente. Assim como o jovem Malcom, geralmente preterido por Tite. O contestado Vagner Love está confirmado como homem de referência.

“Estou trabalhando com essas possibilidades. Ainda não sei. Vou definir amanhã ( sábado ). Como prezo muito por uma informação correta, é melhor não falar nada ainda”, esquivou-se Tite.

Seja como for, o técnico tentou passar confiança a quem será utilizado na Arena Pantanal. “A prioridade do momento é o Cruzeiro. Temos equipe suficiente para jogar bem. Foi assim que construímos uma campanha invicta no Campeonato Paulista”, argumentou Tite, mas sem deixar de pensar no Guaraní. “É inevitável.”

Reservas x reservas

Tal qual o Corinthians, o Cruzeiro recorrerá aos seus suplentes no primeiro desafio que terá na tentativa de defender o título brasileiro. O técnico Marcelo Oliveira prioriza a partida contra outro grande clube paulista, o São Paulo, pelas oitavas de final da Libertadores. No Morumbi, a sua equipe foi derrotada por 1 a 0.