Para promover aos empresários de Mato Grosso do Sul maior agilidade na abertura de empresas, o Governo do Estado lançou, nesta segunda-feira (13) o Balcão Único MS Agiliza na (Junta Comercial de Mato Grosso do Sul). O lançamento do projeto aconteceu no Sebrae, onde o governador (PSDB) assinou a criação.

Durante o evento, o governador pontou que atualmente a média de abertura de empresa é de 3 horas, mas que com o projeto poderá destravar ainda mais os processos burocráticos de abertura e empresário poderá ter liberação em 10 minutos.

“É um fomento para a economia, é um passo a mais para o que a gente tem buscado, que é a desburocratização e digitalização para a população sul-mato-grossense. O pequeno empreendedor ele facilmente abre uma empresa, a média hoje é de 3 horas ele abre uma empresa, conversei com o presidente da Junta Comercial, uma meta, que é uma meta ousada, mas coloquei a ele chegar a 10 minutos. Mas é possível porque está tudo interligado, hoje conseguimos colocar no balcão de negocio saúde, segurança pública, educação, toda evolução cartorárias em um clique, a junta comercial está se tornando isso, queremos proporcionar melhores serviços e facilidade de fazer negocio”, disse.

Segundo o diretor-superintendente do Sebrae/MS, Claudio Mendonça, a facilidade de abertura de novas empresas vai atrair investidores para Mato Grosso do Sul e também, consequentemente, a criação de novos empregos.

“Essa facilidade de abrir o seu negócio, de poder trabalhar no mesmo dia, é fundamental para o estado que queremos cada vez mais ágil. Com certeza a liberação das licenças elas são fundamentais, o que o Governo está fazendo aqui é acreditar no empresário, que ele possa gerar mais nos municípios e todas as localidades do estado”, comentou Claudio.

Saiba Mais