Senar-MS disponibiliza grade de conteúdo sobre sanidade animal

As notas técnicas, cartilhas e legislação estão com livre acesso de forma gratuita
| 25/02/2022
- 22:50
Doenças bovinas
Doenças bovinas, e suas formas de prevenção, fazem parte do conteúdo disponibilizado pelo Senar-MS - Foto: Edemir Rodrigues/Divulgação

Produtores e trabalhadores rurais que vão aproveitar o feriado do carnaval para descansar, também poderão aprimorar os conhecimentos sobre sanidade animal. O Senar-MS - Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de – está disponibilizando, gratuitamente, uma grade de conteúdo entre notas técnicas, legislação e cartilhas, com a finalidade de orientar sobre questões ligadas à sanidade animal.

De acordo com informações da assessoria Senar-MS, todo o material digital é de fácil acesso, além de ser didático, e atender aos critérios exigidos pelos órgãos oficiais responsáveis no Brasil. Ao todo, são nove cartilhas com informações sobre as principais enfermidades que acometem os bovinos, suínos e equinos, como destaque para doenças sobre febre aftosa, brucelose bovina, tuberculose bovina, diarreia viral bovina, anemia infecciosa equina, mormo, peste suína africana. No geral, são doenças animais que estão na lista de Notificação Obrigatória do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e precisam ser comunicadas ao Serviço Veterinário Oficial para controle e possível erradicação.

Segundo Silmara Gonçalves, consultora do Senar-MS, quanto mais informação o produtor receber, mais otimizada será a tomada de decisão para comunicar os órgãos de defesa sanitária agropecuária responsáveis e apresentar ações de contenção e prevenção da enfermidade. “Isso evita a disseminação, que pode trazer prejuízos dentro e fora da porteira”, explica a consultora.

No material disponibilizado, notadamente na aba de ‘Legislação Sanitária’, o produtor terá acesso a 11 arquivos com especificações federais e estaduais que regulam o Programa Nacional de Saúde Animal nas cadeias produtivas de cada espécie. “Produtores e trabalhadores rurais além de profissionais que atuam na área, podem utilizar o material como ferramenta de conhecimento para se manter atualizados nas atividades ligadas à produção e manejo”, reforça Silmara Gonçalves.

O Senar-MS está motivado em levar, até o campo, o maior conhecimento possível sobre as iniciativas de saúde animal do Mapa, por meio de um curso em formato EAD – Ensino à Distância - na Formação Profissional Rural, voltado para o público que trabalha diretamente com a criação de animais de produção ou áreas afins. Isso porque a eficácia e agilidade nas notificações contribuem diretamente no controle da vigilância epidemiológica das doenças e, com isso, o controle e erradicação serão mais eficientes, resultando no bem-estar animal, na saúde do homem e na abertura de novos mercados internacionais. O material está disponível aqui.

Veja também

O Sampaio Corrêa segue invicto no Estádio Castelão, em São Luís (MA), pela Série B...

Últimas notícias