Caixa libera saque de até R$ 1 mil para desempregados; veja como solicitar

Saiba como funciona o saque de até R$ 1 mil para desempregados do FGTS.
| 27/05/2022
- 14:27
saque de até R$ 1 mil para desempregados
Saiba como sacar R$ 1 mil do FGTS. (Foto: Gilson Abreu / ANPR)

A está liberando saque de até R$ 1 mil para desempregados do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) a trabalhadores que possuem saldo em contas ativa e inativas do fundo. Os valor podem ser retirados por quem está trabalhando e, também, por quem está desempregado.

Conforme o banco, são mais de 40 milhões de pessoas em todo o país que poderão retirar o dinheiro.

Saque de até R$ 1 mil para desempregados

A regra para liberação do valor é que o cidadão tenha saldo em contas ativas ou inativas do FGTS. Isso vale tanto para quem está empregado como para quem está desempregado.

Porém, o saque é limitado a R$ 1 mil, mesmo que haja mais saldo no fundo. Também há outros quesitos como não ter solicitado saque-aniversário.

Dessa forma, para saber quanto terá disponível basta realizar uma consulta no aplicativo do órgão ou no site da .

Então, o cronograma de liberação do saque de até R$ 1 mil para desempregados segue calendário de nascimento do cidadão. Confira abaixo:

  • Nascidos em janeiro: 20 de abril
  • Nascidos em fevereiro: 30 de abril
  • Nascidos em março: 04 de maio
  • Nascidos em abril: 11 de maio
  • Nascidos em maio: 14 de maio
  • Nascidos em junho: 18 de maio
  • Nascidos em julho: 21 de abril
  • Nascidos em agosto: 25 de abril
  • Nascidos em setembro: 28 de abril
  • Nascidos em outubro: 1º de junho
  • Nascidos em novembro: 08 de junho
  • Nascidos em dezembro: 15 de junho

Consulta

Para saber se receberá automaticamente o dinheiro ou se precisará pedir o saque, o trabalhador deve fazer uma consulta. O processo pode ser feito tanto no site do FGTS quanto no aplicativo FGTS (disponível para sistemas operacionais Android e iOS).

O site informa apenas a data da liberação e se o crédito será feito de forma automática. O aplicativo tem mais funcionalidades, como a consulta aos valores, a atualização dos dados da conta poupança digital e o pedido para desfazer o crédito e manter o dinheiro na conta do FGTS.

Retirada

Outro ponto que o trabalhador precisa ficar atento é a retirada do dinheiro. Os recursos estarão disponíveis até 15 de dezembro e voltarão para a conta vinculada do FGTS depois dessa data, caso o dinheiro não seja gasto, retirado ou transferido para conta corrente.

Saiba mais sobre o Saque Extraordinário do FGTS:

O Saque Extraordinário do FGTS, instituído pela Medida Provisória nº 1.105/22, ocorrerá uma única vez, considerando o saldo disponível na data de realização do débito na conta do Fundo, até o limite de R$ 1 mil por trabalhador.

Se o titular possuir mais de uma conta do FGTS, o saque é feito na seguinte ordem: primeiro, as contas relativas a contratos de trabalho extintos, com início pela conta que tiver o menor saldo; em seguida, as demais contas vinculadas, com início pela conta que tiver o menor saldo.

Não estarão disponíveis para saque os valores que estiverem bloqueados na conta do FGTS, como garantia de operações de crédito de antecipação do Saque Aniversário, por exemplo.

O dinheiro não movimentado será restituído ao FGTS, com correção pelo rendimento do Fundo de Garantia correspondente ao período em que ficou parado na conta poupança digital.

Confira o passo a passo da consulta:
Pelo site
•     Acesse o site www.fgts.caixa.gov.br.
•     Na página inicial, escolha a opção “Saque Extraordinário do FGTS” e clique em “Consulte aqui”.
•     Informe o CPF ou o número do PIS.
•     Clique em “Não sou um robô”, selecione as imagens pedidas pelo sistema e clique em “Verificar”.
•     Informe a senha usada para consultar o extrato do FGTS. Caso o trabalhador não se lembre ou não a tenha, clique em “Cadastrar/recuperar senha”.
•     Cadastre seu número de celular para receber SMS com atualizações sobre o saque. Se não quiser receber mensagens, basta clicar em “Não quero receber Extrato FGTS e notificações em meu celular”.
•     Por fim, aparecerá uma mensagem informando se você tem direito ao saque do FGTS, a data da liberação do dinheiro e como será feita essa retirada.

Pelo aplicativo
•     Atualize ou baixe o aplicativo FGTS no dispositivo móvel.
•     Entre no aplicativo.
•     Clique em “Continuar” quando o sistema perguntar se pode usar caixa.gov.br.
•     Informe o CPF.
•     Clique em “Não sou um robô”, selecione as imagens pedidas pelo sistema e clique em “Verificar”.
•     Informe a senha usada para consultar o extrato do FGTS e clique em “Entrar”.
•     Após mensagem com informações sobre o saque extraordinário do FGTS, clique em “Entendi”.
•     Na tela inicial, clique em “Saque Extraordinário”, no quadro laranja.
•     Na tela seguinte, aparecerá o valor disponível para saque.
•     Clique em “Ver contas FGTS liberadas” para saber de que contas o valor está sendo liberado.
•     Na próxima tela, aparecerá a quantia disponível para saque.
•     Caso o pagamento seja automático, o aplicativo informará a data e o modo de retirada.

Como pedir o saque pelo aplicativo em caso de depósito não automático
•     O próprio aplicativo pedirá que o trabalhador faça o pedido de saque, bastando clicar no botão “Solicitar saque”, de cor laranja.
•     Clique em “Confirmar” para autorizar a abertura de conta-poupança social da Caixa em seu nome. Essa é a única opção para receber os recursos do FGTS.
•     Aparecerá a seguinte mensagem: “A Caixa irá processar a solicitação e caso esteja tudo certo, o valor será creditado em sua conta”.

Veja também

Lucro do FGTS já tem data de pagamento para trabalhadores

Últimas notícias