Auxílio Emergencial Retroativo: Confira se você tem direito a receber o benefício

Quem recebeu as primeiras parcelas do Auxílio Emergencial terá direito a R$ 3 mil de retroativo
| 07/04/2022
- 17:47
Auxílio Emergencial
Saiba como consultar os valores (Foto: Agência Brasil)

Algumas pessoas que receberam a cota simples do Auxílio Emergencial têm direito a receber as parcelas retroativas liberadas pelo Governo Federal. Para ter acesso ao dinheiro, homens provedores de monoparental precisam ter sido beneficiados com os valores.

A autorização de novos pagamentos saiu por meio da Medida Provisória MP 10.841, com liberação de mais de R$ 4,1 bilhões.

Em janeiro, 823,4 mil homens chefe de família receberam a parcela extra do benefício. O repasse para esse grupo foi de R$ 2,4 bilhões em conta digital no Caixa Tem.

Segundo o Ministério da Cidadania, o grupo incluso na cota complementar será o de pais solteiros ou chefes de família que criam os filhos sozinhos sem a ajuda financeira de companheira ou companheiro.

A pasta esclareceu que o pagamento vale para homens cadastrados pelo site ou aplicativo do Auxílio Emergencial e também para aqueles que receberam o benefício por integrarem o antigo Bolsa Família ou serem inscritos no CadÚnico (Cadastro Único).

Quais os valores?

O valor será calculado de acordo com a situação de cada beneficiário. Existem algumas opções viáveis; veja quais.

Quem recebeu as cinco primeiras parcelas de R$ 600 do Auxílio Emergencial terá direito a R$ 3 mil de retroativo, pois ele recebeu apenas metade do valor disponibilizado para chefes de família;

Quem não recebeu o Auxílio e é chefe de família monoparental receberá R$ 6 mil de retroativo, pois as cinco parcelas são referentes ao valor de R$ 1.200;

O valor será calculado com a diferença entre os valores recebidos nos cinco primeiros meses do benefício e o valor de R$ 1.200 mensal concedido às famílias monoparentais.

Como consultar?

Os beneficiários poderão consultar se vão ter direito ao complemento por meio da página do Auxílio Emergencial. O acesso é obtido após o preenchimento de informações pessoais, como CPF, nome completo, nome da mãe ou se tem mãe desconhecida e data de nascimento.

Como consultar o Auxílio Emergencial?

Para consultar se terá direito ao benefício, veja o passo a passo a seguir:

  • Em primeiro lugar, acesse o aplicativo ou site do Auxílio Emergencial;
  • Em seguida, insira seu CPF, nome completo e nome da mãe;
  • Caso não possua nome da mãe, marque a opção “Mãe desconhecida”;
  • Informe a data de nascimento;
  • Por fim, clique em “Enviar” e consulte as informações.

Veto no Auxílio Emergencial

Em julho de 2020, Bolsonaro havia vetado um projeto de lei de autoria de deputados da oposição que estendia ao homem provedor de família monoparental o recebimento em dobro do auxílio emergencial criado durante a pandemia de covid-19.

Com o veto, somente solteiras chefes de família receberam as parcelas de R$ 1,2 mil (o dobro do valor original, de R$ 600).

Veja também

Últimas notícias