Black Friday: dicas para não exagerar nas compras e ficar endividado

A Black Friday é uma das datas mais esperadas pelos consumidores brasileiros por ter descontos em quase todos os segmentos de produtos. Entretanto, é necessário manter a cautela e ter um planejamento para evitar prejuízos. Confira algumas dicas de Dilson Sá, CEO da Acordo Certo, fintech de renegociação de dívidas online. 1- Faça uma lista […]
| 18/11/2020
- 12:13
Black Friday: dicas para não exagerar nas compras e ficar endividado
(Foto: Arquivo/Midiamax) - (Foto: Arquivo/Midiamax)

A Black Friday é uma das datas mais esperadas pelos consumidores brasileiros por ter descontos em quase todos os segmentos de produtos. Entretanto, é necessário manter a cautela e ter um planejamento para evitar prejuízos. Confira algumas dicas de Dilson Sá, CEO da Acordo Certo, fintech de renegociação de dívidas online.

1- Faça uma lista de desejos

Precisa comprar roupas novas? Quer um novo eletrodoméstico? Está pensando em trocar de celular? Faça a si mesmo todos esses questionamentos e crie uma lista de desejos com prioridade. Assim, você evita cair em tentações que levam às compras por impulso e é possível direcionar a procura sem gastar com coisas desnecessárias no momento.

2- Evite compras parceladas 

Uma compra a prazo e não planejada pode comprometer o orçamento do por meses. Caso aconteça alguma imprevisto e a pessoa não consiga pagar a parcela, a dívida pode se acumular, gerando juros e se transformando em uma bola de neve. Por isso, a orientação é de evitar parcelamentos sempre que possível e optar pelas compras à vista, que também costumam ter mais descontos.

Para bens mais caros e duráveis como produtos de linha branca, celulares, computadores e afins e decidir parcelar, a dica é sempre optar pelos pagamentos sem juros. As taxas de juros podem aumentar consideravelmente o valor final do produto, de modo que a compra deixa de valer a pena e passa a pesar ainda mais no bolso.

3- Atenção aos prazos de entrega

É uma boa ideia aproveitar as ofertas da Black Friday para fazer as compras de Natal, caso deseje presentear amigos e familiares nas festas de . Porém, fique de olho nos prazos de entrega.

Por conta da alta demanda de pedidos, algumas lojas trabalham com prazos de entrega mais extensos na Black Friday. Logo, caso decida comprar um presente, é preciso ter certeza de que o produto terá sido entregue dentro do tempo esperado.

4- Pesquise antes de finalizar as compras

Essa dica pode até parecer batida, mas é muito comum as pessoas ficarem tentadas com os preços mais baixos e acabarem comprando os produtos na primeira loja ou site em que entram.

Desta forma, pode ser que existam outros estabelecimentos com preços ainda menores e que ofereçam condições de pagamento mais interessantes. é preciso procurar e garimpar as melhores ofertas, compare e anote os preços para comprar na loja que tiver as opções de pagamento mais vantajosas. Colocar na ponta do lápis o custo efetivo total da compra, incluindo frete e taxas, faz toda a diferença no final.

5- Cuidado com as “Black Fraudes”

Existem muitos golpes na internet nesta época de compras massivas. Pessoas mal-intencionadas podem criar falsos sites de e-commerce para roubar seus dados, receber seu dinheiro e não realizar a entrega da sua compra.

Ao comprar pela internet, busque por lojas confiáveis e conhecidas. Não deixe de analisar alguns detalhes: verifique se existe o ícone de um cadeado verde do lado da URL (onde se digita o endereço do site, o “www” no topo da página). Este símbolo significa que o site é seguro e que passou por uma verificação. Também é uma ótima ideia pesquisar sobre a reputação da loja em sites de defesa ao consumidor, como o Reclame Aqui e o Elogieaki.

Veja também

Venda para o segundo semestre deverá ter números melhores, de acordo com série histórica da Fenabrave

Últimas notícias