Cotidiano / Economia

Inspeção recupera R$ 39 milhões de empresas deixaram de depositar FGTS em MS

Em todo o Brasil foram R$ 4,2 bilhões do FGTS

Wendy Tonhati Publicado em 21/02/2018, às 14h37

None

Em todo o Brasil foram R$ 4,2 bilhões do FGTS

O Ministério do Trabalho recuperou, em Mato Grosso do Sul, R$ 39 milhões para o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) em 2017, por meio de ações de fiscalização em empresas que deixaram de depositar o dinheiro nas contas vinculadas dos seus trabalhadores. Em todo o Brasil foram R$ 4,2 bilhões recuperados.

De acordo com o Ministério do Trabalho, as maiores arrecadações ocorreram nos estados de São Paulo (R$ 692 milhões), Rio de Janeiro (R$ 485 milhões), Minas Gerais (R$ 199 milhões) e Rio Grande do Sul (R$ 192 milhões). O volume de dinheiro recuperado em 2017 foi 35,4% maior do que em 2016, quando foram arrecadados R$ 3,1 bilhões pela Inspeção do Trabalho. Em 2015, o valor foi de R$ 2,2 bilhões.

Inspeção recupera R$ 39 milhões de empresas deixaram de depositar FGTS em MS

O maior número de autuações foi no setor do Comércio, que teve 5.348 notificações em 16.948 estabelecimentos fiscalizados. O segundo maior foi nas empresas da Indústria de Transformação, com 4.080 notificações entre 7.207 estabelecimentos fiscalizados.

Jornal Midiamax