Cotidiano / Economia

Sebrae e universidade firmam parceria na Semana do MEI

Estudantes e professores de Ciências Contábeis vão prestar apoio contábil e fiscal gratuito 

Midiamax Publicado em 12/04/2015, às 21h11

None
sede_sebrae_ms.jpg

Estudantes e professores de Ciências Contábeis vão prestar apoio contábil e fiscal gratuito 

Na segunda-feira (13), às 8h, a abertura da Semana do MEI – evento direcionado a capacitar e promover a formalização de empreendedores individuais – será marcada pela assinatura de uma parceria entre a Anhanguera-Uniderp e o Serviço de Apoio Às Micro e Pequenas Empresas Mato Grosso do Sul (Sebrae-MS). O convênio vai possibilitar que o Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF) da Universidade dê suporte gratuito em serviços fiscais e contábeis básicos ao MEI, dentro das dependências do Sebrae.

A coordenadora do curso de Ciências Contábeis da Anhanguera-Uniderp, Iara Marchioretto, detalha alguns procedimentos que serão prestados a partir desta segunda-feira na avenida Mato Grosso, 1661. “Vamos orientar na navegação no Portal do Empreendedor e da Prefeitura Municipal, fazer agendamentos na Receita Federal do Brasil, realizar consultas sobre situação cadastral do CPF, realizar declarações acessórias, auxiliar na emissão de DAS, guias, DARFs, recálculo de DARFs, entre outros atendimentos”, explica a professora.

Lançado em novembro de 2014, o NAF da Uniderp é o terceiro em todo país e atualmente funciona na unidade matriz da instituição, situada na  avenida Ceará, 333. Sua criação é fruto do primeiro termo de cooperação técnica assinado no Estado entre uma universidade e a Delegacia da Receita Federal da Capital.

Além do atendimento ao microempreendedor individual, o Núcleo também auxilia a comunidade de baixa renda e representantes das entidades de terceiro setor que, de outro modo, não teriam acesso a orientações contábeis e fiscais básicas. “Desde março estamos ajudando contribuintes na declaração de imposto de renda pessoa física, mas Ongs e associações de pequeno porte também podem nos procurar com demandas de seu segmento”, afirma a professora Iara.

O objetivo do NAF é oferecer atividades práticas aos acadêmicos de Ciências Contábeis e consequentemente treiná-los para o mercado de trabalho. Os trabalhos acontecem sempre com a orientação de um professor-orientador, responsável pela condução das atividades e regular com o Conselho Regional de Contabilidade. Mais que oportunizar o aprendizado, o Núcleo pretende, ainda, estimular a participação voluntária dos estudantes desenvolvendo o espírito de responsabilidade social, educação fiscal e cidadania, por meio de ações sociais, pelos pilares do ensino, pesquisa e extensão dentro das áreas das ciências contábeis. 

Jornal Midiamax