Os atrasadinhos aproveitaram a manhã desta quinta-feira (12), Dia das , para de última hora, tentarem comprar um presente para os baixinhos aproveitarem a data, em . Os comerciantes estão otimistas com as vendas, que segundo eles, já tiveram aumento considerável desde a última semana.

O Midiamax foi até o nesta manhã de quinta-feira. Mesmo sendo feriado, os comerciantes estão trabalhando normalmente pelo menos até as 12h. Eles explicam que sempre tem os ‘atrasadinhos’ que deixam tudo para última hora.

no camelódromo (Nathalia Alcântara, Midiamax)

Carrinhos e bonecas ainda são os campeões de vendas. Ainda de acordo com os comerciantes, os presentes estão variando de R$ 15 a R$ 130. Jaqueline Nascimento tem três lojas no Camelódromo. Ela conta que o percentual de vendas já subiu há alguns dias e hoje pela manhã também está conseguindo vender vários produtos.

“As vendas estão boas. Não conseguimos oferecer dados, mas ainda tem bastante gente querendo comprar os brinquedos para as crianças. Também tivemos procuras de kits de brinquedos que os voluntários compram para realizarem doações. Conseguimos fazer um desconto para caber no orçamento de quem está comprando”, explicou.

Cícero dos Anjos é presidente do Camelódromo. Ela adianta que as pessoas vão ao local comprar brinquedos, mas também acabam adquirindo outros produtos nos estabelecimentos.

“Tivemos um aumento de vendas de aproximadamente 50%. Muitas lojas registraram crescimento nas vendas, já que as pessoas até veem para comprar os brinquedos para as crianças, mas levam roupas, sapatos e outros produtos vendidos aqui”, contou.

Um exemplo de ‘presente de última hora’ foi o dos irmãos, Pedro Henrique, de 11 anos e Luiz Fernando, de 10 anos. Acompanhados dos pais e da avó, os garotos foram escolher os presentes pessoalmente. Ambos compraram fones de ouvido para se divertirem ouvindo músicas.

Irmãos Pedro Henrique e Luiz Fernando. (Nathalia Alcântara, Midiamax)

A assistente social, Madalena Lino, foi ao local e comprou três brinquedos para o neto de 4 anos. Ela diz que o Dia das Crianças é uma data importante, mas principalmente para a população ter mais amor ao próximo.

“Acho que é uma data para conseguirmos ter conscientização social. Muitas crianças pelas ruas da cidade. Hoje mesmo eu vi um garoto pedindo um achocolatado. Temos que ter mais empatia por nossas crianças”, disse.

Kleber Martins também deixou para comprar os presentes das filhas de 9,8 e 7 anos nesta manhã de quinta-feira. As meninas já saíram de casa sabendo o que queriam: mochilas novas.

“Trouxe as três para comprarem mochilas novas, pois as delas já estavam antigas. Acho importante presentear com algo útil, que elas realmente usarão. Depois iremos aproveitar o resto do dia com atividades de lazer”, destacou o pai.

Kléber ao lado das filhas. (Nathalia Alcântara, Midiamax)

Ainda conforme o presidente do Camelódromo, as lojas devem permanecer abertas até as 12h. Dependendo do movimento, ele explica que os comerciantes podem estender o horário até as 13h de hoje.

Saiba Mais