Está precisando de cobertor? Edredom pode sair de R$ 59 até quase R$ 900, aponta pesquisa do Procon

Procon Municipal fez levantamento entre os dias 16 e 17 em nove estabelecimentos comerciais da Capital
| 19/05/2022
- 12:08
Está precisando de cobertor? Edredom pode sair de R$ 59 até quase R$ 900, aponta pesquisa do Procon
A pesquisa de preços foi realizada nos dias 16 e 17 de maio - Foto: Divulgação/ Procon Municipal

O inverno ainda não chegou, mas o frio já apareceu e pegou muita gente de surpresa em Campo Grande. Para quem está precisando de cobertor ou edredom para se aquecer, o Municipal de Campo Grande, realizou uma pesquisa de preços em estabelecimentos comerciais de varejo da capital. 

A pesquisa de preços foi realizada nos dias 16 e 17 de maio, em nove estabelecimentos comerciais. Os fiscais visitaram lojas com preços acessíveis, como Carrefour, Havan, Lojas Americanas, Lojas Avenida, Montreal Magazine, Pernambucanas e Riachuelo, até as lojas ‘chiques’ como Mmartan e Artex. 

De acordo com o órgão, a maior variação identificada foi no preço do edredom de solteiro, onde o menor valor é de R$ 59,99 e o maior de R$ 890 obtendo uma variação de 1.384%.

O modelo de edredon de casal teve a segunda maior variação, de 888%, sendo o menor preço de R$ 79,99 nas lojas e o maior de R$ 790. Já o edredom tamanho Queen, possuiu uma variação de até 788%, com o menor preço levantado de R$ 179 e o maior preço de R$ 1.590.

Com relação aos cobertores houve uma alteração de preços, porém, menor do que a dos edredons. Destaca-se a variação de 760% no cobertor de solteiro, com menor valor encontrado de R$ 49,90 e maior preço de R$ 429. A segunda maior variação de cobertores foi de 513% no modelo Queen, sendo o menor preço R$ 69,99 e o maior de R$ 429.

Os cobertores modelo casal tiveram a menor variação, sendo ela de até 300%, o menor preço encontrado nas lojas foi de R$ 49,99 e o maior ficou em R$ 199,90.

Conforme o Procon Municipal, há vários fatores que podem influenciar no preço do produto, como cores e materiais de produção, as quais não foram levadas em consideração nessa pesquisa. “Com a chegada da é bom que o consumidor faça pesquisa de preços nos comércios, pois poderá encontrar possíveis promoções, além de descontos com pagamentos à vista”, diz o órgão, em nota na divulgação da pesquisa. 

Preco dos cobertores - Está precisando de cobertor? Edredom pode sair de R$ 59 até quase R$ 900, aponta pesquisa do Procon

Veja também

Porém, em comparação a maio último, houve queda de 4,21%.

Últimas notícias