alcançou a marca de três mil vacinadas contra a dengue, desde o primeiro dia da vacinação ao plantão de domingo (25), conforme a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). As doses da Qdenga começaram a ser aplicadas no dia 11 e fevereiro e, a partir desta segunda-feira (26), o público-alvo é ampliado para crianças de 10 a 14 anos.

O primeiro grupo liberado foi de crianças de 10 a 11 anos, o que representava uma faixa de 28 mil moradores nessa faixa-etária. A meta continua sendo vacinar 90% das crianças, porcentagem preconizada pelo .

Novas doses

O Estado recebeu duas remessas da Qdenga, somando 73.354 doses do imunizante. Com isto, o Estado será o primeiro do país a ter todos os seus municípios contemplados com a vacina.

O Ministério da Saúde estabeleceu, para 2024, que o público imunizado contra a dengue será de crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, faixa etária que concentra o maior número de hospitalização por dengue, após pessoas idosas, grupo para o qual a vacina não foi liberada pela Anvisa.

O esquema vacinal é composto por duas doses com intervalo de três meses entre elas.

Casos de dengue

O número de mortes investigadas por suspeita de dengue em subiu de um para três no intervalo de seis dias. A quantidade de casos prováveis cresceu de 2.686 para 2.723 no mesmo período, o que representa alta de 1,37%. Os dados constam no Painel de Monitoramento das Arboviroses do Ministério da Saúde, com dados atualizados até o dia 16 de fevereiro.

O índice de incidência da doença está em 98,8, número superior ao observado anteriormente em 97,4 na semana passada.