O fim de semana será chuvoso em , é o que indicam os alertas meteorológicos divulgados pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) neste sábado (2). Além de Campo Grande, o aviso abrange outras 59 cidades nas áreas centro-sul, sudoeste e noroeste do Estado.

O primeiro alerta, de nível amarelo, é válido para 56 cidades e indica tempestade com chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, intensos entre 40-60 km/h, com risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

Já o segundo alerta, também amarelo, aponta chuvas intensas nas cidades de , , Inocência e . Ambos os alertas permanecem ativos até as 10h deste domingo (3).

Apesar da previsão de chuvas, o deve persistir em Mato Grosso do Sul. Neste sábado (2), o Estado pode registrar um calorão de 39°C, com a possibilidade de tempestades, incluindo quedas de raios e rajadas de vento. A previsão indica instabilidade climática em todo MS.

Segundo o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), a maior probabilidade de chuva ocorrerá no período da tarde ou noite, impulsionada pelo aquecimento diurno. Durante esse período, as regiões podem apresentar sol, aumento de nebulosidade e a probabilidade de chuvas e tempestades, acompanhadas de raios, rajadas de vento e eventual queda de granizo.

chuva
Chuva em Campo Grande (Alicce Rodrigues, Jornal Midiamax)

Evite acidentes

Para evitar incidentes, a Defesa Civil recomenda não se abrigar debaixo de árvores, em casos de rajadas de vento, devido aos riscos de descargas elétricas. Em caso de enxurrada, ou similar, coloque documentos e objetos de valor em sacos plásticos.

Também é recomendável não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda, e evitar o uso de aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Como receber alertas de tempestade

alagamento em campo grande
Ruas ficam alagadas com chuva em Campo Grande (Foto: Leitores Midiamax)

A Cedesc (Coordenadoria Estadual de Defesa Civil) disparou SMS para os números cadastrados no 40199 avisando a população para o risco de corte de energia elétrica, queda de árvores e estragos em plantações.

Mais informações podem ser obtidas junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Em caso de queda de energia, a Energisa orienta que os afetados busquem o atendimento pelo WhatsApp (Gisa): (67) 9 9980-0698 e aplicativo Energisa On.

Saiba Mais