Na Rua Cristiano Machado, bairro Santo Amaro, condutores são frequentemente flagrados por pedestres e moradores locais dirigindo na contramão. A rua, que foi por anos mão dupla, se tornou mão única recentemente, mas mesmo com sinalização horizontal e vertical, motoristas não respeitam o sentido da via.

A preocupação dos moradores é, principalmente, com os pedestres, que não esperam ser surpreendidos por carros na contramão, e com os alunos da escola municipal, localizada na rua em questão.

Um pedreiro que trabalha no local afirmou que, desde que começou na obra, costuma ver muitos veículos trafegando no sentido errado. “Eu sempre sinalizo para eles saberem que estão na contramão. Alguns voltam, outros seguem até o fim da rua”, afirma.

Um morador que não quis se identificar diz que mora há seis anos no local e, desde que a rua virou mão única, já flagrou vários motoristas dirigindo na contramão, em frente a sua casa. “Eles vêm do início da rua até aqui, e às vezes eu aviso porque sei que é falta de atenção”, explica.

Outro morador afirmou que algumas vezes já tentou alertar os motoristas, mas recebeu ofensas dos condutores. Segundo ele, os motoristas aguardam o fim da tarde, quando o movimento diminui, para entrar na contramão e cortar caminho. “Muitos que pediram para virar mão única, são os mesmos que hoje em dia entram na contramão. Eles aguardam depois das 17h30 para fazer essas coisas erradas”, explica.

O Jornal Midiamax entrou em contato com a (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) para saber se existe um plano de fiscalização para a via, mas não obteve resposta. O canal segue aberto para manifestações.