Mato Grosso do Sul registrou 619 novos casos de Covid-19 e três óbitos em decorrência da doença, nos últimos sete dias, de acordo com Boletim Epidemiológico divulgado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), nesta terça-feira (11). Em Campo Grande, são 500 novos casos, na última semana.

Desde o início da pandemia de Covid-19, em 2020, Mato Grosso do Sul já registrou 615 mil casos e 11 mil óbitos. Na Capital, foram 216.840 casos e 4.710 óbitos. Dos três casos de óbitos, em decorrência da doença, registrados em julho, dois ocorreram em Campo Grande, na quinta-feira (6) e na segunda-feira (9).

De acordo com os dados do boletim, uma das vítimas é do sexo feminino, possuía 88 anos, e era portadora de doença neurológica crônica, e a outra do sexo masculino, com 47 anos, e portadora de três comorbidades, entre elas doença respiratória e Imunodeficiência. O outro óbito ocorreu em São Gabriel do Oeste, na quinta-feira (6).

Vacinação Covid-19

Ainda de acordo com o Boletim Epidemiológico, 60% do público-alvo de cinco a 11 anos já tomaram a primeira dose da vacina, e 38% já se vacinaram com a segunda dose. No público de 12 a 34 anos, 87,8% já tomaram a primeira dose, 75,5% se vacinaram com a segunda, e 54% já tomaram a dose de reforço.

Na faixa etária de 35 em diante, 92% se vacinaram com a primeira dose, 86% com a segunda, 79,5% com primeira dose de reforço, e 26,9% já tomaram a segunda dose de reforço.

Onde se vacinar

Ao todo, mais de 50 unidades básicas de saúde contam com doses desde bebês a partir dos seis meses, até idosos com mais de 60 anos.

O atendimento segue das 7h30 às 16h45, segundo o cronograma da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). As unidades contam com estoque de doses contra bivalente, para quem completou o esquema vacinal e já tomou as duas doses de reforço.   

Ao encontrar uma unidade próximo, basta estar com os documentos pessoais ou cartão do SUS (Sistema Único de Saúde). A disponibilidade das doses está em todas as sete regiões da cidade.