A fumaça dos incêndios do norte do Brasil, parte do Centro-Oeste, Bolívia e está afetando algumas cidades de Mato Grosso do Sul, principalmente Corumbá e , localizadas a cerca de 413 km de . Além do Estado, segundo o ClimaTempo, a fumaça pode ser vista também sobre Paraná, São Paulo e algumas cidades de Minas Gerais.

Segundo a meteorologista da Climatempo, Josélia Pegorim, os ventos que predominaram entre o Brasil e os outros dois países trouxeram a fumaça para os estados.

“O correto é dizer que a fumaça gerada por grande concentração de focos de fogo sobre o Norte do Brasil, parte do Centro-Oeste, e Paraguai, foi trazida pelos ventos para áreas do Sudeste e do Sul”.

De acordo com monitoramento de queimadas do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), o Brasil lidera o ranking de focos de fogo no mês de outubro com 30.441 focos. Na sequência, a Bolívia com 11.934 e o Paraguai com 3.167. Os dados estão atualizados até a última quarta-feira (25).

Para esta sexta-feira (27), há um alerta de tempestade emitido pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), que traz a expectativa de capazes de aliviar a situação da fumaça nessas regiões afetadas.

Saiba Mais