A Prefeitura de , através da Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos), segue com o serviço de limpeza do leito do Córrego Rego D’Água, na região entre os bairros IV Plano e Cachoeirinha. O trabalho teve início na manhã da última sexta-feira (27)

No local, as fortes chuvas de quinta-feira (26), que caíram na cidade, provocaram alagamento em casas próximas. O prefeito esteve no local, ainda durante a noite, junto com a equipe da Defesa Civil, para conversar com os moradores e identificar situações mais críticas. 

A causa do problema está no lixo acumulado no córrego. O material eleva o leito e ainda entope as passagens pelos dutos que estão sob a rua General Ozório, fazendo com que o excesso de água transborde, atingindo as vias e casas que estão abaixo do nível.

“A gente já vem de dias chuvosos e o solo já está bastante encharcado. Aliado a esse fator, o sistema de drenagem que tem sido exigido com maior frequência que o normal nas últimas semanas e junto com o excesso de água vem o detrito que foi se acumulando na entrada dos dutos”, explica o coordenador da Defesa Civil, Rodrigo Vitorino.

Segundo ele, o trabalho que havia sido feito anteriormente evitou que se ocorresse o problema nas chuvas da semana passada, com quase 90 milímetros de precipitação. Nesta quinta, segundo a plataforma Guia Clima, da Embrapa Oeste, esse volume foi de aproximadamente 50 milímetros durante todo o dia.

Em outubro, o acumulado passa dos 240 milímetros, mais de 100 milímetros da média histórica do mês. “Todo esse acúmulo de chuvas acabou por colapsar o sistema de drenagem”, constata.

Moradora no local há mais de dois anos, Gladis Antonia da Cunha Franco, 35 anos, teve a residência mais atingida. “Quando o córrego está limpo, não temos problemas, mas nas últimas vezes tiraram colchão, sofá, pneus. As pessoas que moram mais para cima jogam as coisas e daí, o lixo vem tudo para nós, causando essa inundação”, lamentou. 

Para evitar novos alagamentos, o trabalho de limpeza será feito não apenas na entrada dos dutos, nos fundos da Municipal Franklin Luiz Azambuja, mas em toda extensão do córrego.

“Estamos providenciando a limpeza do sistema de drenagem em todo o curso aqui na região e vamos procurar fazer esse serviço com maior frequência”, comenta Rodrigo.