Embora a Campanha Nacional de Vacinação contra a tenha começado nesta segunda-feira (10), com a meta do de imunizar, até 31 de maio, pelo menos 90% do público prioritário para a imunização, que soma 81,8 milhões de pessoas, em ela já está em curso desde o dia 3 de abril.

Apenas em Dourados, esse grupo é de aproximadamente 97,6 mil pessoas que podem se dirigir a cada uma das Unidades Básicas de Saúde do município e na Sala de Vacinação do PAM.

O Núcleo de Imunização da Sems (Secretaria Municipal de Saúde) decidiu antecipar a vacinação contra Influenza, assim que chegaram as doses enviadas pelo Ministério da Saúde através da SES (Secretaria de Estado da Saúde). 

Neste ano, todos os segmentos prioritários serão imunizados ao mesmo tempo. Entre os alvos da campanha estão pessoas com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a cinco anos de idade, trabalhadores da saúde, professores, gestantes e puérperas. 

Também fazem parte do público prioritário povos indígenas, ribeirinhos, quilombolas, profissionais das forças de segurança e salvamento, militares, pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente.

Caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo, trabalhadores portuários, profissionais do sistema penitenciário, pessoas privadas de liberdade e adolescentes sob medidas socioeducativas também estão na de atendimento.

Segundo o gerente do Núcleo de Imunização, Edvan Marcelo Marques, a Campanha Nacional de Vacinação mostra a cada ano a importância de se proteger contra o vírus da gripe, principalmente os mais idosos que podem ter sintomas mais graves da doença. 

“Queremos prevenir e evitar que tenham gripes mais graves, que tenham que se internar, que tenham pneumonia. A vacina realmente funciona muito bem para isso”, resume.

As UBSs de Dourados, na zona urbana, distritos e Reserva Indígena, funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h. A Sala de Vacinação do PAM atende de segunda a sexta-feira, entre 13h e 18h, e aos sábados das 8h às 13h.