Com o primeiro procedimento realizado nesta quinta-feira (2), Sems (Secretaria Municipal de Saúde) de Dourados inicia programa de cirurgias eletivas. Uma das metas é zerar a fila de espera para cirurgias de catarata existente na cidade.

Segundo informações do secretário de Saúde, Waldno Lucena, esse programa foi viabilizado com a ampliação do convênio já existente entre o município e a Funpema (Fundação Cardiogeriátrica), firmado com recursos exclusivamente financiados pela Prefeitura de Dourados.

“Há cerca de sete anos não fazíamos uma cirurgia de cataratas em Dourados e agora tivemos a primeira. Nossa expectativa é de realizarmos uma média de 50 procedimentos por mês, até zerarmos a nossa fila que tem, hoje, 919 douradenses na espera. Quer dizer, agora 918”, explica Waldno.

O convênio da Funpema com a Secretaria Municipal de Saúde, antes desta ampliação, já atendia casos de cardiologia e chega a fazer, em média, dez mil exames laboratoriais mensalmente.

“Ano passado montamos o consultório oftalmológico e agora ativamos o centro cirúrgico, que permitiu esses novos atendimentos”, explica o secretário executivo da Funpema, Mauro Lange Tomazini.

Saiba Mais