Novembro começou com temperatura amena, chuva leve e tempo nublado em Mato Grosso do Sul, um muito diferente dos dias de calor extremo e baixa umidade do ar vividos em outubro. Mas será que a trégua no calorão vai durar o mês todo?

A meteorologia responde e a previsão é pouco animadora. Apesar do fresco e previsão de queda nas temperaturas nos próximos dias, o calor deve voltar intenso já na próxima semana. As máximas podem chegar aos 43°C em Mato Grosso do Sul na terça-feira (7).

Apesar de historicamente mais chuvoso que outubro, a previsão do Cemtec/MS (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima) indica que as devem ficar abaixo da média histórica, principalmente nas regiões centro-norte do Estado. Já no extremo sul do Estado as chuvas devem ultrapassar a média.

Já previsão detalhada do Clima Tempo, aponta para calor mais intenso em Campo Grande entre os dias 11 e 15 de novembro, quando a máxima deve ficar em 38°C. Na cidade mais quente do Estado, Porto Murtinho, deve ter calor acima dos 40°C entre os dias 8 e 12 de novembro.

Outubro de recorde de calor

Mato Grosso do Sul figurou entre as regiões mais quentes do país em outubro, devido a uma segunda e intensa onda de calor. Relatório do Cemtec/MS revela que várias cidades atingiram recorde de calor em outubro, com destaque para Porto Murtinho com 43,4°C.

Em Campo Grande o calor também atingiu recorde, de 39,4°C no mês, com agravante de chuvas 90% abaixo do esperado para o mês. No geral, houve uma intensificação das condições de seca em Mato Grosso do Sul, com chuvas abaixo da média.

Saiba Mais