Pitbull que escapou de casa já atacou duas pessoas e está causando pânico em moradores do Bairro Santo André, em Ribas do Rio Pardo, cidade localizada a 97 km de Campo Grande. O primeiro ataque aconteceu na segunda-feira (18), na Rua Braulino Nogueira da Silva, quando uma criança teve o rosto dilacerado.

Segundo o pai da criança, Wagner Cillas de Moura Moreira, foi realizada uma cirurgia de emergência e foi colocado um enxerto no local que foi dilacerado. “Ele agora está bem graças, passou por essa cirurgia, agora os médicos vão acompanhar para ver se não terá rejeição do enxerto”.

O pai do menino já esteve na Delegacia de Polícia Civil e terá que ir novamente nesta quinta-feira (21). Segundo ele, o dono do cachorro só irá comparecer em juízo. E conforme apurado realmente o proprietário do animal, esteve na delegacia para esclarecimentos na presença de um advogado e, após assinar um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência), foi liberado.

O ataque

Os pais voltavam para casa, após buscar a criança na creche e no caminho passaram pelo animal que estava amarrado em um poste do lado de fora da casa. Quando a criança passou perto do cachorro, foi atacada e arrastada.

A violência do ataque causou uma dilaceração profunda no rosto do lado direito, próxima da orelha. O menino foi socorrido e levado em choque por terceiros ao Hospital Municipal Dr. José Maria Marques Domingues. No período da noite foi encaminhado para Santa Casa de Campo Grande.

Outra vítima

Um idoso conhecido na região como “Zé da Brhama”, de 66 anos, foi mais uma vítima do pitbull. Segundo ele, o cachorro escapou da residência do dono, e estava na rua. “Eu moro na rua de cima, e por volta das 5h da manhã, eu estava saindo para ir para chácara quando fui atacado. Consegui me defender, mas ainda sim acabei tendo um pequeno ferimento”, disse.

O idoso procurou o dono do pitbull, mas nada foi feito.