O calor não dá trégua em Mato Grosso do Sul e pode ter o dia mais quente do ano nesta sexta-feira (17), o último dia da onda de calor. A previsão indica a atuação de uma massa de ar quente e seca, além do fenômeno El Niño amplificando as altas temperaturas e baixa umidade do ar.

Entretanto, segundo o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), devido ao calor acentuado, podem ser registradas, desde fraca a tempestade com raios, e granizo. As instabilidades ocorrem devido ao intenso fluxo de calor e umidade, aliado ao aquecimento diurno.

As temperaturas podem variar de 40 a 44°C, principalmente na região pantaneira, norte e sudoeste. Porto Murtinho amanhece com 31°C e chega a 43°C. Em Corumbá, os termômetros registram mínima de 28°C e máxima de 42°C.

começa o dia com 28°C e pode bater o recorde anual e ultrapassar os 39°C. No bolsão, Paranaíba amanhece com 26°C e tem máxima de 39°C; em , os valores variam entre 28°C e 40°C. Na região Norte, Coxim registra inicialmente 27°C, atingindo os 41°C.

Beba água

Nesse período, há grande risco à saúde, a umidade do ar varia de 10 a 30%. Portanto, a recomendação é beber bastante água e evitar ao sol nos horários mais quentes e secos do dia.

Além disso, nessas condições meteorológicas extremas, o ambiente atmosférico se torna propício para a ocorrência e a propagação dos incêndios florestais devido também aos ventos acima de 60km/h.

Saiba Mais