Chove de forma isolada no início desta tarde, na região central de . O município e todo o estão sob alerta de chuvas intensas emitido pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) e válido até sexta-feira (24).

Mato Grosso do Sul tem alerta para temporais desde o passado, porém em Campo Grande o registro, até o momento, foi de pancadas isoladas de chuva. Nesta tarde, há relatos de isoladas também na região da avenida Guaicurus, região sul.

Apesar de “fugindo” de Campo Grande, as chuvas foram fundamentais nesta semana para auxiliar no fim das queimadas na região do Pantanal. No sul do Estado, há maior registro de chuva, na terça-feira (21), um tornado foi registrado em Taquarussu, o fenômeno raríssimo deixou um rastro de destruição na cidade.

Chuva em MS

A análise do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima) mostra que as instabilidades ocorrem devido ao intenso fluxo de calor e umidade vindo da Amazônia, aliado a atuação de uma frente fria oceânica. Além disso, a atuação de uma área de baixa pressão atmosférica sobre o Paraguai e o deslocamento de cavados favorecem a formação de nuvens e chuvas no Estado.

Entre o dia 20 e 28 de novembro, a tendência meteorológica indica espera de acumulados de chuvas entre 30 e 150 mm, com destaque para as regiões centro-sul, nordeste e leste do Estado.