Falta uma semana para o e consumidores e comerciantes de começam a se planejar. Celebrada em 13 de agosto, a data é a oportunidade de expressar gratidão e carinho por quem se ama. Mas escolher o presente perfeito para o pai pode ser um desafio. Para ajudar nessa tarefa, nossa reportagem foi até o Centro de Campo Grande para descobrir o que os pais gostariam de ganhar nessa data especial.

Para os campo-grandenses, as opções de presente variam entre perfumes, relógios, celulares, artigos esportivos e sapatos. Itens como camisetas de time lideram as preferências dos pais.

Bruno Domingos, 35 anos, é técnico de enfermagem e já sabe bem o que gostaria de ganhar e o que pretende comprar para presentear o pai nessa data especial.

“Eu gostaria de ganhar um tênis ou uma camisa básica. Para o meu pai é mais fácil porque conheço bem o gosto dele, pretendo comprar uma roupa esportiva ou uma camiseta de time”, disse.

No entanto, o que muitos pais realmente querem ganhar no seu dia não é algo material, mas sim algo sentimental. Como é o caso de José Santos Ribeiro, 54, pai de Enzo Botelho, de 20 anos.

“O presente que quero é ficar perto dos meus filhos, nada material. Para mim como pai, o carinho e afeto são mais importantes que algo material”, destacou.

Para o filho, apesar do discurso, o dia não vai passar despercebido e ele já sabe o que comprar para ver o pai feliz.

“Ele sempre fala que não quer presente, mas eu vou dar algo mesmo assim. Estou pensando em comprar uma camiseta do Flamengo porque ele é muito fã e sei que ia gostar de ganhar”, disse Enzo.

Dia dos Pais
Junior Silva ao lado do neto Miguel (Kísie Ainoã, Jornal Midiamax)

Junior Silva, 45, é vigilante e se tornou pai ao conhecer a esposa que já tinha filhos. Hoje ele é pai e avô, mas afirma que não liga muito para presentes e que o ideal é estar junto da família.

“Qualquer presente que seja de coração é bem-vindo. Quando conheci minha esposa, os filhos dela eram pequenos, então acabei me tornando pai também. Agora tenho até neto”, ressalta.

Após mês ‘fraco', Dia dos Pais gera expectativa de alta nas vendas

Dia dos Pais
Comércio investe em promoções (Kísie Ainoã, Jornal Midiamax)

Do lado dos comerciantes, a data gera altas expectativas de vendas, visto que o Dia dos Pais é uma das datas mais lucrativas para o comércio.

Para o gerente da loja Passaletti, na 14 de julho, Andrey Goulart, a expectativa é que o Dia dos Pais impulsione as vendas de agosto e superem o mês de julho. Sem datas comemorativas, o mês anterior foi considerado fraco para os comerciantes.

“Em julho não teve nenhuma data comemorativa, então o movimento caiu significativamente. Neste ano vamos investir em promoção de chinelos, mocassins e sapatênis e esperamos um retorno financeiro grande para converter a queda das vendas do mês anterior”, explica.

Andrey Goulart ressalta que os pais são mais ‘discretos', por isso, as opções de presente costumam variar entre itens mais básicos como tênis de cores neutras e sapatos sociais.

“Quando alguém vem comprar presente para os pais, geralmente optam por sapatênis, sapato social, tênis preto e azul-escuro ou cores neutras. Os pais costumam ser mais discretos, então as opções de presente também são mais básicas”, disse.

Dia dos Pais
Nilson Fernandes, administrador da Ótica Campo Grande (Foto: Kísie Ainoã, Midiamax)

Apesar de muitos consumidores citarem o relógio como opção de presente, na prática, a procura pelo item tem caído cada vez mais a cada ano.

Nilson Fernandes, administrador da Ótica Campo Grande, loja especializada em óculos e relógios, ressalta que hoje em dia as pessoas preferem presentear com itens mais modernos, como celulares, o que tornou os relógios uma opção obsoleta.

“Hoje as famílias vêm aqui e cada um tem um celular com inúmeras funcionalidades. A venda de relógios caiu muito com o passar dos anos. Tenho vendido poucos relógios, quem compra mesmo são pessoas que gostam de modelos específicos”, destacou.

No mesmo ponto da Rua 14 de Julho há 50 anos, Nilson não pretende investir em promoções específicas para o Dia dos Pais, mas por ter uma clientela fidelizada, ele espera um aumento significativo nas vendas do Dia dos Pais.

“A expectativa é que aumentem as vendas dos óculos, principalmente os de sol. Nosso preço é bem acessível porque tem muita concorrência, mas no geral acredito que vai ter uma melhora nas vendas”, explicou.

Dia dos Pais
Ferramentas estão entre as principais opções de presente (Foto: Kísie Ainoã, Midiamax)

Com diversas opções em um único lugar, as lojas de varejo estão entre as principais opções dos consumidores. Na loja Casas da Rua 14 de Julho, o gerente Antonito Mattos destaca que a data sempre traz bons retornos financeiros à rede.

“Estamos com uma expectativa muito boa para agosto. Os celulares, TVs e ferramentas são os itens mais procurados pelos consumidores para presentear os pais”.

Segundo o gerente, muita gente deixa para comprar o presente de última hora, por isso, a expectativa é que as vendas cresçam mais nas vésperas do Dia dos Pais.

“Brasileiro sempre deixa tudo para última hora, então a gente espera que o movimento aumente na semana do Dia dos Pais. Ainda estamos na fase de organizar a campanha, por isso ainda não começamos as promoções, mas as expectativas estão altas”, enfatiza.

Dia dos Pais
Antonito Mattos, gerente das Casas Bahia (Kísie Ainoã, Jornal Midiamax)

Consumidores pretendem gastar até R$ 200 com o presente

Ainda em dúvida entre um perfume ou uma camiseta de time, o Maxwell Ribeiro, 23 anos, pretende desembolsar em torno de R$ 200,00 com o presente deste ano.

“Estou pensando em comprar um perfume ou uma camiseta do Flamengo. Devo gastar em torno de R$ 200,00 a R$ 250,00”, ressaltou.

A empresária Maria da Conceição, 49 anos, não economizou na hora das compras e decidiu presentear o marido e o filho, que também é pai.

“Tenho R$ 3 mil para gastar nesse Dia dos Pais. Para o meu marido vou comprar um sapato social e um terno, para o meu filho vou comprar um celular”.

Enzo Mathias tem apenas 9 anos, por isso contará com uma “ajudinha” da avó, Teresinha Rodrigues, na hora de comprar o presente. Segundo ela, o valor deste ano deve ficar entre R$ 150,00 a R$ 200,00.

“Meu pai sempre diz que o maior presente sou eu, por isso vou dar um perfume, uma coisa mais simples. Ele diz que não precisa de muita coisa porque já tem eu”.

Dia dos Pais
Centro de Campo Grande (Kísie Ainoã, Jornal Midiamax)

Confira: