A empresa Azul Linhas Aéreas suspendeu voo semanal entre e Campo Grande. Segundo a diretora-presidente da Fundação de do Pantanal, Elisangela Sienna da Costa Oliva, a operadora informou sobre essa possibilidade em janeiro, mas sem nenhum sinal de que a medida poderia ser adotada de forma tão repentina.

No último dia 9 de janeiro, a Fundação de Turismo encaminhou à empresa aérea um ofício esclarecendo os motivos pela queda no fluxo de passageiros, provocada principalmente pelo período de piracema, quando a fica suspensa e, com isso, diminui a quantidade de turistas dnos destinos pesqueiros de Mato Grosso do Sul.

De acordo com a Prefeitura de Corumbá, a Fundação de Turismo, até tinha sugerido que o voo fosse ampliado para duas viagens semanais, já que o dia e horário oferecido (sábado à tarde) poderia ser uma das causas da baixa ocupação da aeronave entre os meses dezembro e janeiro. Apesar da medida anunciada pela Azul, a Fundação informa que está otimista que o voo seja retomado em breve, com o aquecimento do turismo na região.