Onze dias após dar entrada em estado grave na Santa Casa de Campo Grande, Kimberlly Pairana, de 19 anos, acordou e foi transferida do CTI (Centro de Terapia Intensiva). O caso da jovem gerou comoção e mobilizou centenas de pessoas em frente ao hospital para orar por sua recuperação.

Pelas redes sociais, a irmã de Kimberlly, Stela Pairana, comunicou que a jovem saiu do CTI e foi transferida para um quarto na Santa Casa.

“A Kim está evoluindo bem a cada passo que o médico toma, e já iniciou a terapia para a retirada da sonda. Continuemos em oração para que ela melhore rapidamente e possa voltar para casa logo, completamente recuperada”, disse a irmã.

Em nota, a Santa Casa de Campo Grande informou que a jovem está acordada, embora ainda não esteja totalmente consciente.

“A paciente encontra-se em leito de cuidados intermediários, consciente e com nível de consciência ainda um pouco reduzido. Ela está sob tratamento com antibióticos e analgésicos, e está sendo constantemente monitorada pela equipe médica”, destaca o novo boletim médico.

Complicações

No último domingo (3), a jovem apresentou secreção e precisou ser auxiliada com respiração assistida, mas sua condição se estabilizou e ela voltou a respirar por conta própria.

Kimberlly está internada na Santa Casa de Campo Grande desde o dia 25 de agosto, quando foi socorrida inconsciente após um acidente de trânsito envolvendo um carro e uma moto no cruzamento das ruas Antônio Maria Coelho e Frederico Soares.

Comoção

Filha de pastores, a história da jovem comoveu Campo Grande e mobilizou uma multidão de fiéis que se reuniu em frente à Santa Casa na noite da última terça-feira (29) para orar por sua recuperação.

Por meio das redes sociais, a irmã de Kimberlly expressou sua gratidão pelo apoio que a família tem recebido.

“Não é um momento fácil, mas o Senhor tem cuidado de cada detalhe nessa jornada. Que o Nosso Senhor recompense vocês por todas as orações e pelo cuidado.”

Uma nova sessão de oração pela recuperação de Kimberlly será realizada na noite desta terça-feira (5), a partir das 22h, na entrada da Santa Casa.