Ao contrário do primeiro , onde houve quebra-pau na torcida e bate-boca na plateia, o evento desta segunda-feira (17), no Crea-MS (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso do Sul) aconteceu sem ocorrências.

Sem a presença da torcida, nem da plateia e nem do candidato Capitão Contar (PRTB) para ‘debater', apoiadores de Riedel o receberam com festa do lado de fora do auditório. Fogos, sinalizadores e gritos de apoio foram lançados ao mesmo tempo em que o público carregava o candidato nos braços.

“Capitão fujão não veio”, se limitou a dizer o tucano aos eleitores que acompanharam o Debate Midiamax em um telão do lado de fora. Cerca de 50 pessoas da torcida do postulante do PSDB foram voluntariamente e de condução própria apoiar o candidato no Debate, nesta segunda-feira (17).

Confira:

O ‘time Riedel' continuou até o final no Crea-MS com bandeiras do postulante e jingles de campanha e nem o tempo chuvoso espantou o público. O telão, que a princípio foi desmontado por conta do tempo, foi religado para as pessoas poderem assistir do lado de fora.

Além disso, para garantir a segurança do lado de fora, 12 viaturas da Polícia Militar e um efetivo de 30 PMs foram deslocados. Além disso, 1 viatura da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) também foi destinada para fechar a rua em frente ao auditório.

Capitão Arregão” e “Capitão Pijama” foram alguns dos nomes entoados pelo público, que foi 100% ‘time Riedel', quando o apresentador André Luiz Azevedo relembrava a falta do adversário no Debate.

debate midiamax torcida riedel
Torcida de Riedel se reuniu em frente ao Crea (Foto: Nathalia Alcântara/ Jornal Midiamax)

Desistência

Às 18h18 desta segunda (17), menos de duas horas antes do início do debate, a coordenação de Contar encaminhou um e-mail alegando que o candidato “tem apenas 12 dias de campanha e vai priorizar agendas no interior”. O Debate Midiamax acontece com o candidato ().

No entanto, o candidato já havia confirmado presença no debate. Consta em ata desde o dia 14 de junho, antes do primeiro turno, e ratificada no último dia 5 de outubro para o segundo turno o compromisso de participação no Debate Midiamax.

No e-mail, de acordo com a coordenação da campanha, o candidato decidiu priorizar o corpo a corpo com os eleitores e traçou como meta percorrer todas as quatro regiões de Mato Grosso do Sul nos próximos 12 dias.

Debate Midiamax

Assim como no confronto do primeiro turno, quando o Midiamax reuniu os 8 candidatos ao Governo do Estado, o embate desta segunda foi transmitido ao vivo pela internet, TV aberta e rádios em 79 cidades de Mato Grosso do Sul.

O mediador do Debate Midiamax foi mais uma vez o jornalista André Luiz Azevedo, profissional premiado que atuou por quase 40 anos na Rede Globo e já foi correspondente internacional. O Debate completo pode ser conferido clicando aqui.