Supervisora de grande empresa, Camila ‘leva um baque’ após dispensa e inicia novo negócio doando 300 taças de doce

Empreendedora investiu R$ 2 mil para fazer ‘bombom na taça’, com creme belga e ganache e doar para degustação do público
| 28/01/2022
- 12:19
Supervisora de grande empresa, Camila ‘leva um baque’ após dispensa e inicia novo negócio doando 300 taças de doce
Montagem/Jornal Midiamax

A tal estabilidade foi por “água abaixo” quando Camila Goés de Araújo, de 38 anos, foi comunicada da dispensa em uma grande empresa de Campo Grande. Mãe solo e com duas adolescentes em casa, ela passou por uma verdadeira saga de entrega de currículos, neste mês de janeiro, até decidir usar um antigo dom para empreender: fazer doces, com uma propaganda bem criativa e que incluísse a doação de 300 "bombons na taça" aos clientes. 

“Eu era supervisora de vendas de uma grande empresa. Vim de Presidente Prudente para cá e atuei como pessoa jurídica. Estava tudo bem, até que disseram que não iam mais continuar com o meu contrato. Foi um baque, isso três dias depois do Natal, mas eu levantei a cabeça, entreguei vários currículos nos últimos dias. Só que, até o momento, não tive nada de concreto”, afirmou ao a empreendedora. 

whatsapp image 2022 01 28 at 08.23.02 2
Taças começam a ser distribuídas a partir desta sexta-feira (28). Crédito: Marcos Ermínio/Jornal Midiamax

 

Nos últimos dias, no entanto, um antigo dom veio à tona: a paixão por doces. “Pensei em vender algo e aí sei que comida, na maioria das vezes, dá certo. E eu sempre fiz doces para a família, em casa, então chamei os amigos para uma degustação. Fiz um cálculo de quantidade, cotação de preços e decidi ir à luta. Não dava mais para esperar o dinheiro cair do céu porque os boletos já estão chegando”, comentou Araújo. 

Com o cardápio pronto, Camila então investiu R$ 2 mil para fazer a compra dos produtos e doar 300 taças para quem quiser experimentar. “A minha loja não será física e sim delivery. Como eu moro no Itanhangá, posso combinar a entrega se for no centro, porque é perto, mas, será mais para retirar aqui em casa. Vou doar as taças e, a partir deste final de semana, já vou abrir para pedidos”, ressaltou. 

whatsapp image 2022 01 28 at 07.49.37
Camila diz que as filhas, Milena e Manuela, gostaram muito da ideia do novo negócio. Crédito: Redes Sociais/Reprodução

 

Formada em publicidade e propaganda, Milena diz que usou muito do que aprendeu para atrair novos clientes. “Eu quero que as pessoas conheçam o sabor dos meus doces, então, pensei em tudo: nas fotos, no anúncio, no cardápio e na degustação. E o legal é que as minhas filhas adolescentes, de 12 e 15 anos, estão superenvolvidas. Elas ajudam a lavar as frutas, picar, gostam de cozinhar também e será um negócio que poderá até se estender para elas, então, acho que vai ser legal e que vai dar certo”, finalizou. 

As taças, de 125 ml cada, podem ser retiradas com Camila, na rua Santa Tereza, bairro Itanhangá. Agendar horário de entrega pelo (67) 99876-0776.

Veja também

Em comemoração ao Dia D da Maçonaria da Ordem GLEMB (Grande Loja de Estudos Maçônicos...

Últimas notícias