A Santa Casa de realizou, nesta terça-feira (8), a segunda captação de órgãos e tecido para transplante do ano. Foram doados o fígado, rins, córneas de uma paciente de 60 anos que sofreu morte encefálica após um AVCH (Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico), que serão encaminhados para um receptor que necessita da doação.

O fígado extraído pela equipe de cirurgiões de órgãos abdominais foi levado para ser implantado em um paciente do Distrito Federal.  Já os rins, captados pela equipe do Serviço de Urologia do hospital, foram encaminhados para o Rio Grande do Sul. As córneas foram encaminhadas para o Banco de Olhos do hospital. Com as doações, a OPO (Organização de Procura de Órgãos) somou quatro captações de rins, um fígado e 56 córneas.

A OPO Santa Casa é responsável pelo acompanhamento de todos os pacientes com lesões neurológicas graves e que são potenciais doadores e, após a confirmação da morte encefálica realizada por meio de exames clínicos e de imagens, a equipe estabelece contato com os familiares e segue com o acolhimento dos mesmos em busca do consentimento pela doação.

Sendo de interesse dos familiares a doação dos órgãos, o passo seguinte é a busca de possíveis receptores na lista com apoio da CET (Central Estadual de Transplante). Não existindo condições de transplante no Estado, a busca é realizada no Sistema Nacional de Transplantes.