Queda nas temperaturas em Campo Grande reduz doações no banco de leite da Santa Casa

| 19/05/2022
- 07:54
Queda nas temperaturas em Campo Grande reduz doações no banco de leite da Santa Casa
(Foto: Divulgação/Santa Casa de Campo Grande)

A queda nos termômetros em Campo Grande fez com que as doações de leite humano reduzissem no estoque do banco Irmã José Machado da Santa . A justificativa é que com o frio, as doadoras ficam sem disposição para realizar todo o processo de extração. A unidade reforça o apelo para doações neste período.

Conforme a nutricionista responsável técnica do banco de do hospital, Gislene Nantes, a unidade atende diariamente, em média, 20 bebês recém-nascidos, que geram um consumo de quatro litros de leite por dia, porém, o banco tem trabalhado com apenas três litros para atender toda essa necessidade, motivo de grande preocupação.

A explicação é que neste período em que as temperaturas estão mais baixas, a equipe encontra dificuldade para realizar a coleta externa, já que as produções dessas mães caem, uma vez que elas, consequentemente, diminuem o processo da retirada do leite para doação. “Por mais que a gente mantenha o mesmo número de doadoras, o volume de leite coletado já abaixou bastante e isso, para nós, é muito ruim”, explica a nutricionista.

O leite humano é a primeira alimentação e fonte de nutrientes para os bebês, segundo o Ministério da Saúde, sendo muito importante para o crescimento e fortalecimento imunológico. “Estamos com uma alta demanda no hospital, com pacientes prematuros, que estão precisando muito desse leite”, ressalta Gislene.

A lactante que não deseja sair de casa pode coletar o leite em um recipiente de vidro esterilizado e com tampa de plástico, armazenar no congelador por até 15 dias e entrar em contato com o hospital. A equipe vai até a casa da doadora buscar o alimento tão necessário para os bebês.

“A equipe ensina como extrair e como armazenar. E depois leva o vidro e todo o material esterilizado, passamos uma vez por semana para buscar esse leite. Temos rota todos os dias, que contempla todos os bairros da capital”, afirma a responsável técnica.

Mais informações pelo telefone (67) 3322-4174.

Veja também

Secretário de infraestrutura, Rudi Fiorese, confirmou a informação nesta sexta-feira

Últimas notícias