Prefeitura de Campo Grande pretende rescindir o contrato com a empresa Orkan Construtora Eireli, responsável pelas obras do Centro de Belas Artes, localizado no Bairro Cabreúva, em Campo Grande. A informação foi confirmada nesta sexta-feira (24) pelo secretário de infraestrutura e serviços urbanos, Rudi Fiorese.

De acordo com o secretário, a prefeitura está ‘nos trâmites para rescisão contratual’ e que o município deve convocar a segunda empresa colocada na licitação, a que pode aceitar ou não em prestar serviços ao município.

A Orkan Construtora foi selecionada na licitação de R$ 4.090.301,56 para conclusão do Centro de Belas Artes. A obra, cujo projeto original era a instalação da rodoviária da cidade, mas que teve a finalidade modificada posteriormente, teve contrato rescindido em um dos capítulos.

Em 2020, o município abriu concorrência para retomada e chegou a contratar a vencedora no certame, Vale Engenharia e Construções, por R$ 3.175.125,66. Porém, processo judicial envolvendo a construção paralisou seu reinício. Os preços contratados se tornaram ‘inexequíveis’, durante o desenrolar da ação, afirmou o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, na época.