Prefeitura abre mais cinco novos leitos de UTI neonatal na Santa Casa

Objetivo é assegurar assistência aos recém-nascidos
| 11/02/2022
- 21:29
Dos 144 leitos de UTI habilitados, 94 são novos
Divulgação

Cinco novos de UTI neonatal estão sendo abertos na Santa Casa de Campo Grande para atendimento de pacientes SUS, com objetivo de assegurar a assistência adequada à população.

Com os novos leitos, o hospital passa a contar com treze leitos de UTI Neonatal disponíveis ao SUS em operação. A ampliação é fruto da parceria entre a Prefeitura de Campo Grande, Governo do Estado e Santa Casa.

De acordo com informações da instituição, existe a expectativa da ativação de outros cinco leitos nas próximas semanas para atendimento à rede privada.

No fim do ano, o Município abriu quatro leitos de UTI Neonatal Maternidade Cândido Mariano e outros onze devem ser abertos até o final deste ano.

“Há uma necessidade histórica quanto a este tipo de atendimento e a criação de novos leitos se faz necessária para que a gente consiga absorver parte desta demanda e possa prestar uma assistência para o recém-nascido e evitar assim complicações futuras”, destaca o secretário municipal de saúde, José Mauro Filho.

Atualmente, há 49 leitos dessa modalidade na rede pública de saúde na Maternidade Cândido Mariano (20), Hospital Universitário (6) e Hospital Regional Rosa Pedrossian (10) e Santa Casa (13), com a recente ampliação.

A UTI Neonatal é um espaço reservado para tratamento de prematuros e de bebês que apresentam algum tipo de problema ao nascer. Nem sempre os bebês internados nas UTI’s neonatais estão doentes.

Algumas vezes eles estão apenas crescendo e se tornando aptos para respirar, sugar e deglutir. Este fato necessita de uma amadurecimento que só acontece por volta das 34-35 semanas de idade gestacional.

Veja também

Apesar da queda, cesta básica na Capital ainda é a 5ª mais cara do país

Últimas notícias