Morador recorre após Energisa cobrar quase R$ 10 mil para retirar poste na frente de casa em Campo Grande

Homem diz que precisou alugar a garagem do vizinho por não conseguir entrar com o carro e então decidiu exigir a retirada do poste
| 03/05/2022
- 07:48
Morador recorre após Energisa cobrar quase R$ 10 mil para retirar poste na frente de casa em Campo Grande
Poste na frente do imóvel de morador, em Campo Grande. Foto: Redes Sociais/Reprodução

O incômodo ficou ainda maior quando um morador do Jardim Aeroporto, região oeste de Campo Grande, passou a ter três carros. Com um poste na frente do imóvel, ele precisou alugar a garagem vizinha e começou a entrar em contato com a Energisa — concessionária responsável pelo abastecimento de elétrica — exigindo a retirada, só que jamais imaginava receber uma cobrança, de quase R$ 10 mil, pelo serviço. Sem aceitar, ele e a esposa passaram um mês brigando e exigindo os seus direitos, até que o serviço foi feito, sem custo algum. 

O primeiro pedido ocorreu em dezembro de 2021 quando, além de entrar em contato com a Energisa, o morador usou as redes sociais para comentar a indignação com o poste. “Nós solicitamos que fosse feito o serviço. Foram feitos levantamentos e ficou comprovada a necessidade, porém, logo depois chegou a cobrança de R$ 9.719,96. Não aceitamos e buscamos os nossos direitos e os deveres da concessionária”, argumentou. 

documento poste - Morador recorre após Energisa cobrar quase R$ 10 mil para retirar poste na frente de casa em Campo Grande
Documento em que concessionária cobra quase R$ 10 mil para retirar poste. Foto: Redes Sociais/Reprodução

Ao mesmo tempo, o morador contou ao que a esposa fez questionamentos no Procon-MS (Órgão de Defesa do Consumidor), bem como estudou cada resolução da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). “Acho que deve ficar a dica, de nunca aceitarmos calados o que as empresas querem nos obrigar a pagar. Lembro quando fizemos a reclamação e chegou uma fatura, de quase R$ 10 mil aqui em casa. Nós ficamos indignados, buscamos informações e vimos que era mesmo de responsabilidade da concessionária”, disse. 

Dessa forma, em janeiro deste ano, os donos da casa receberam outro aviso, dizendo que o serviço seria feito de forma gratuita. “Sei de situações de pessoas que ficam 5, 6 anos passando pelo mesmo problema e cobram também um custo muito alto para retirada. É algo absurdo que a gente não deve aceitar. Agora, com a retirada do poste, vamos instalar um portão maior e pode colocar todos os carros”, explicou.  

documento poste1 - Morador recorre após Energisa cobrar quase R$ 10 mil para retirar poste na frente de casa em Campo Grande
Um mês depois, Energisa envia documento e diz que não vai cobrar pelo serviço. Foto: Redes Sociais/Reprodução

Energisa diz que orçamento pode sofrer alterações

A Energisa esclarece que, após as observações do cliente, constatou que havia risco à segurança e, por isso, o orçamento foi atualizado com custo integral da concessionária, sem ônus para o consumidor. Cabe ressaltar que o orçamento prévio enviado pode sofrer alterações, de acordo com a dinâmica da situação constatada no local; como no caso em questão que foi identificado um muro próximo à estrutura.

poste - Morador recorre após Energisa cobrar quase R$ 10 mil para retirar poste na frente de casa em Campo Grande
Momento da retirada do poste, em bairro de Campo Grande. Foto: Redes Sociais/Reprodução

Veja também

Associação vai utilizar dinheiro arrecadado com vendas de comidas, bebidas e brinquedos para comprar cestas básicas para moradores em dificuldades financeiras

Últimas notícias