Mais de 80% dos pacientes internados por covid em Corumbá não se vacinaram

Porcentagem também engloba àqueles que receberam apenas a primeira dose da vacina
| 25/01/2022
- 14:45
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - (Foto: Marcos Ermínio/Midiamax)

Assim como em Campo Grande, grande parte dos pacientes internados por Covid-19 no município de Corumbá não realizaram o esquema completo de imunização contra a doença. Dados apontam que pouco mais de 80% dos internados não receberam as duas doses da vacina ou nenhuma das doses.

Dados disponibilizados pela Prefeitura Municipal indicam que 82,26% dos internados com não completaram o esquema vacinal com as duas doses ou sequer receberam a primeira dose do imunizante. Ao todo, há 17 pacientes internados com Covid-19 na rede pública e privada do município, destes, apenas três, o que corresponde a 17,65%, tomaram a segunda dose e o reforço.

O secretário de Saúde de Corumbá, Rogério Leite, reforça que a vacinação contra a Covid impede que a doença evolua para casos graves, que necessitem de internação. “A chance de a doença evoluir em quem não se vacinou é muito maior do que em quem está com a vacinação completa, os números de internados confirmam isso. E os que estão internados, que completaram o ciclo, são de idosos que possuem comorbidades”, explicou.

Campo Grande

Dados disponibilizados pela (Secretária Municipal de Saúde) de Campo Grande apontam uma ocupação de 98% dos de UTIs global, ou seja, para todos os pacientes. Neste caso, dos 184 leitos disponíveis, 180 estão ocupados não somente por pacientes de síndrome respiratória.

Em relação aos leitos disponíveis para tratamento de Covid-19, são 41 disponíveis em Campo Grande com 40 ocupados, ou seja, cerca de 97% de ocupação, os dados são referentes a levantamento realizado no último domingo (23).

Veja também

O Cijus (Centro Integrado de Justiça) disponibilizou um espaço de atendimento para instalação do "Procon...

Últimas notícias