Mais de 600 taxistas de Campo Grande vão receber auxílio do Governo Federal

Ao todo, R$ 2 bilhões serão injetados pala União para ajudar a categoria
| 27/07/2022
- 14:06
Ponto de táxi que ficava no Aeroporto Internacional de Campo Grande
Ponto de táxi que ficava no Aeroporto Internacional de Campo Grande. (Foto: Midiamax)

Pelo menos 600 taxistas de Campo Grande vão receber o auxílio do governo federal. No entanto, o número pode chegar a 800 trabalhadores, caso os auxiliares também sejam contemplados com o pagamento.

Ao todo, R$ 2 bilhões serão injetados pala União para ajudar a categoria. O valor será dividido com o número total de beneficiários. Ficará a cargo de cada prefeitura encaminhar até o dia 31 de julho a relação de taxistas cadastrados em cada cidade.

A informou que, na Capital, 600 alvarás estão ativos, no entanto, o Sindicato dos Taxistas afirma que 200 outros profissionais atuam como auxiliares.

“Até agora não sabemos ao certo se apenas os titulares dos alvarás terão direito a essa ajuda, ou se os auxiliares também vão receber. Estamos acompanhando junto à Prefeitura para ter uma posição mais concreta de como será”, explica o presidente do sindicato, Flávio Panissa.

Destinado a trabalhadores do setor de transporte, como caminhoneiros e taxistas, o auxílio foi comemorado pela categoria. “Chegou em uma boa hora. Desde 2014 não tínhamos na tarifa, mas, durante o mesmo período, a variação do combustível aumentou em 100%”, avalia Panissa.

Confira o calendário para o benefício

Auxílio Taxista

ParcelaData de pagamentoDados enviados pela prefeitura
Julho16/8até 31/7
Agosto30/8até 15/8
Setembro a dezembrosem data definida`até 11/9

Auxílio Caminhoneiro

Mato Grosso do Sul tem mais de 11,6 mil caminhoneiros autônomos que devem se enquadrar na proposta do Governo Federal e receber o auxílio de R$ 1 mil, que está sendo conhecido como o 'Voucher Caminhoneiro', já em agosto.

O valor recebido pelos profissionais poderá ser usado para arcar os custos , principalmente, com combustível, além de taxas dos pedágios e demais gastos. O Governo Federal ainda vai definir como será feito o repasse.

Confira o calendário:

ParcelaData de pagamentoDados ativos no Ministério da Infraestrutura
Julho e agosto9/8 (valor em dobro)até 22/7
Setembro24/9até 11/9
Outubro22/10até 9/10
Novembro26/11até 13/11
Dezembro17/12até 4/12
Fonte: Ministério do Trabalho e Previdência

Veja também

Pai filmou criança de 9 anos dirigindo em rodovia do Estado

Últimas notícias