Moradores do Condomínio Residencial Aero Rancho, em Campo Grande, reclamam, nesta quinta-feira (5), de estar sem água há, pelo menos, dois dias. O problema seria corriqueiro pela falta de manutenção na caixa d'água do local. Sem distribuição para os apartamentos, até se arriscam em escovar os dentes em um registro no quintal do bloco.

Sem querer se identificar, um morador conta que a situação está complicada, levando em consideração por ter crianças em casa. “O que era um sonho, se tornou pesadelo. Isso acontece sempre há uns quatro meses, não é só de hoje em dia. Estamos todos indignados com isso. Daqui a pouco não tem mais água na geladeira para meus filhos tomarem”, disse.

Também preferindo anonimato, uma vizinha explicou que há crianças com necessidades especiais na unidade e idosos. “O condomínio está abandonado, tem mato crescendo aparecendo bicho, aranha e escorpião. Tem morador que teve que escovar o dente lá embaixo, porque na casa não tem água”.

Outra moradora ressalta que há uns 40 dias a caixa d´'agua está vazando e, o que pode ser o motivo da falta do abastecimento nos apartamentos. “Vaza toda noite e de manhã tem pouco ou nenhuma gota saindo da torneira. Meus filhos estão indo tomar banho na avó”, desabafa.

Por vez, o síndico informou que já notificou a construtora para solucionar o problema. O vazamento noturno seria por vandalismo em um cano da caixa.

“Na última assembleia anunciamos, junto a assessoria jurídica, a contratação de um perito para elaborar o laudo e ingressarmos com uma ação [contra a construtora]. A caixa d'água já foi feita solicitações quanto ao um problema de vazamento a noite. Depois de muita demora e morosidade da construtora fizeram uma vistoria e ainda vão executar o reparo de boia. Hoje cedo já mandei um profissional vir resolver e me foi passado que algumas unidades estão com problemas de ar”, explicou.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O enviou as imagens ao do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.