Com superlotação em UTI, paciente com covid aguarda há 2 dias vaga no HRMS

Homem foi diagnosticado com Covid-19 e apresentou piora do quadro clínico no hospital
| 01/02/2022
- 21:00
Ilustrativa
Ilustrativa - (Foto: Divulgação / Fiocruz)

Diante de um novo surto de covid, a falta de começou a afetar o atendimento no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul. Entre as vítimas da Covid-19, o paciente Luziano Augusto Gomes Sandim, de 82 anos, aguarda desde o domingo (30) por uma vaga na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), mesmo estando entubado.

De acordo com a neta do paciente, Tatiane Pereira Dias Sandim, de 31 anos, o avô foi internado no hospital no dia 25 de janeiro, após testar positivo para Covid-19. “Ele estava com cansaço e falta de ar, apresentando variação na saturação, mas estava consciente”, explicou.

No domingo (30), o seu quadro clínico apresentou piora e foi necessário a intubação. “Ele foi entubado, mas não nos informaram o motivo. No mesmo dia ele recebeu a indicação para ser encaminhado para a UTI, porém não foi até hoje e segue na ala verde”, detalhou.

A família tentou repostas pela assistência social do Regional. “Conversamos com a assistente social hoje de manhã. Ela falou que tem 12 pacientes aguardando um leito de UTI”, disse ela.

O que diz o hospital

O Jornal Midiamax solicitou o posicionamento do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul sobre a transferência do paciente para a UTI. Em nota, o Hospital informou que não repassa informações de pacientes à imprensa. Para preservar o sigilo médico/paciente.

Sobre a previsão para abertura de novos leitos, o Regional disse que existe uma possibilidade de abrir mais 17 leitos, desde que os pacientes não Covid-19 sejam remanejados pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) para outros hospitais.

De acordo com o boletim médico do dia 31 janeiro, o hospital informou que tinha na data de ontem, até as 18hrs, nove (9) pacientes na sala vermelha a espera de UTI, com 112% da sua capacidade.

Casos de Covid-19 em MS

Mato Grosso do Sul tem novo recorde de casos de covid: 4.902 e 18 mortes nas últimas 24 horas. A média móvel saltou de 9,6 para 12,6, de acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES). 

Nesta terça-feira (1) o número de registros no estado é de 428.146, sendo que, no dia anterior, era de 423.244. Da mesma forma, os casos de Influenza também cresceram: foram seis novos casos nas últimas 24 horas e mais uma morte pela doença. 

Há quatro dias, o Jornal Midiamax havia divulgado o recorde do ano, com 4.133 novos casos.O número, agora, beira a 5 mil casos nas últimas 24 horas.

Com o avô em estado grave, a neta e familiares vivem momentos de angústia e desespero. “Ele é hipertenso. Estamos desesperados, pois se trata de um idoso e tem um grande risco de vida nessa situação. Também estamos tentando conseguir o leito de forma judicial, pois ela faz parte de e não está recebendo o atendimento mínimo necessário”, desabafou.  

Veja também

Animal foi capturado e solto na natureza após ser encontrado nas ruas de Taquarussú

Últimas notícias