CNH Social: confirmadas inscrições com 5 mil vagas este mês; veja quem pode obter documento gratuito

Governo de MS fez anúncio por meio de canais oficiais nas redes sociais
| 01/03/2022
- 13:33
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Detran / Divulgação

O Governo de confirmou a abertura de inscrições da CNH Social para este mês de março, conforme publicado no perfil oficial das redes sociais. O projeto prevê o custeio integral do documento para 5 mil beneficiários no Estado.

"As vagas serão distribuídas por editais constando a quantidade, período de inscrição, regras para o processo e a região atendida", consta na nota publicada nos canais oficiais do governo.

O (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) diz que está finalizando a construção do sistema de inscrições, realizando as adequações no sistema e os processos administrativos, que permitirão a prestação de serviço para o programa por médicos, psicólogos, laboratórios e nos CFCs (Centros de Formação de Condutores). 

Assim que for liberado, o programa CNH Social deve distribuir as vagas por editais, sendo que, cada um deles, trará o número de vagas, período de inscrição, regras para o processo e a cidade e região atingida. No teor do documento, estará o formulário para as inscrições, ainda conforme o Detran-MS.

Ao Jornal Midiamax o diretor-presidente do Detran-MS, Rudel Trindade, diz que uma grande quantidade de pessoas busca se inserir no mercado de trabalho e a CNH Social vai ajudar nas exigências, nos momentos em que as empresas solicitam a CNH categoria A ou B. "Várias empresas grandes, no nosso estado, estão solicitado e muita gente não tem condições financeiras para arcar com essa habilitação", comentou.

De acordo com Trindade, o projeto deve beneficiar ao menos 5 mil pessoas inicialmente. "Esse projeto deve resultado em um produto muito interessante, principalmente, pelo seu alcance social", argumentou. 

Confira os requisitos para ser beneficiado:

- Estar inscrito no Cadastro Único do Governo Federal para programas sociais.

- Ter renda individual mensal de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até dois salários mínimos.

- Ser residente no Mato Grosso do Sul há no mínimo dois anos.

- Demais requisitos para habilitação (maior de 18 anos, saber ler e escrever, possuir carteira de identidade).

CNH Social em MS

projeto vai cobrir todos os gastos até a retirada da CNH (Carteira Nacional de Habilitação), incluindo as 20 aulas práticas e as 45 teóricas exigidas, exames médico, psicológico e as taxas, que custa em média R$ 2.860,00, segundo a diretora de Educação para o Trânsito do Detran/MS, Elijane Coelho.

A proposta do CNH MS Social é cobrir todos os gastos até a retirada do documento, incluindo as 20 aulas práticas e as 45 teóricas exigidas, exames médico e psicológico e as taxas. 

Veja também

Ainda sob influência do mercado norte-americano, o dólar fechou estável, após superar os R$ 5,20...

Últimas notícias