Campus do IFMS em Dourados terá a construção de novo bloco

Contrato de R$ 3 milhões foi assinado com empresa contratada, a JP Engenharia Ltda
| 17/02/2022
- 21:23
Campus do IFMS em Dourados terá a construção de novo bloco

Na última sexta-feira, 11, o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul () firmou contrato para a construção de um novo bloco para as atividades de ensino no Campus Dourados. 

A formalização contou a participação de gestores da instituição, bem como da empresa contratada, a JP Engenharia Ltda. Serão investidos R$ 3.410.672,04 na construção do bloco, o terceiro do campus. 

Os recursos são oriundos de uma emenda parlamentar da bancada federal do Estado, obtida em 2021, e do orçamento do próprio campus. A execução da obra prevê o prazo máximo de 12 meses e se estenderá até fevereiro do próximo ano.

Totalizando 1.290,00 m² de área construída, a obra permitirá a ampliação do número de salas de aula, de oito para 20, fazendo com que o IFMS também possa aumentar o número de alunos atendidos no município.

Oferta

 Atualmente, o campus – que fez parte da terceira fase de expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica juntamente com as unidades de Jardim e Naviraí – atende 848 discentes em cursos presenciais (de nível médio, graduação e pós-graduação), na segunda maior cidade do Estado.

“Como nossa intenção é atender 1.200 estudantes presenciais, precisamos desta ampliação para alcançar os objetivos institucionais e ampliarmos o atendimento à comunidade. Além do número de ofertadas, a construção do novo bloco permitirá a abertura de outros cursos”, explica o diretor-geral do Campus Dourados, Carlos Vinícius Figueiredo.

No Plano de Desenvolvimento Institucional do IFMS (PDI 2019-2023) está prevista a abertura de dois novos cursos na unidade: um técnico subsequente no eixo tecnológico de Informação e Comunicação e uma graduação no eixo tecnológico de Gestão e Negócio. Os estudos de viabilidade de ambos já foi encaminhado à direção-geral do campus.

A reitora do Instituto Federal, Elaine Cassiano, ressalta que a viabilização da obra faz parte de um esforço conjunto. “A articulação política, neste momento em que o país vive, é fundamental para que consigamos obter recursos junto ao Ministério da Educação. No início da gestão, identificamos a necessidade dos campi, incluindo Dourados, e iniciamos a apresentação dos projetos para a bancada federal de deputados e senadores”.

“Obtivemos êxito e agora os recursos estão disponíveis. Esta é uma obra fundamental para o desenvolvimento do campus e do IFMS”, complementa.

Veja também

Redução no ICMS dos combustíveis não terá impacto imediato nas bombas

Últimas notícias