Cotidiano

"Queremos bueiro aqui": placa em esquina das Moreninhas revela antigo sofrimento dos moradores

Local acumula água e provoca fortes odores

Renata Barros Publicado em 23/10/2021, às 15h46

None
Foto: Reprodução/FalaPovo

Cansados de sofrerem com inundações recorrentes e mau cheiro, moradores do bairro Moreninhas, resolveram solicitar de uma maneira inusitada a resolução de um problema antigo no cruzamento entre a Avenida Alto da Serra e Rua Aracati. Eles colocaram uma placa com uma mensagem simples e direta: “Queremos um bueiro aqui”.

A quadra da Avenida Alto da Serra, entre as ruas Camaçari e Acarati, é longa e conta com bueiro em apenas uma das esquinas. Dessa forma, toda água escorre pelo meio-fio e cruza uma caneleta, acumulando-se na esquina abaixo.

Além da enxurrada que se forma na rua toda vez que chuvas intensas caem, os residentes se incomodam com o cheiro forte, provocado por lixos e outros resíduos que se acumulam no meio fio, até em dias de Sol.

Milene Silva Limam, 37 anos, é comerciante em uma conveniência, que fica localizada próxima do cruzamento, e conta que por diversas vezes precisou pagar para que os resíduos fossem retirados do local, tamanho odor. “A água tanto da chuva, quanto a que jogam na rua, para na esquina e fica com mal cheiro. Tenho que sempre pagar pra limpar”, relata.

Água escorre por canaleta e se acumula em rua, que é linha de ônibus. Foto: Reprodução/FalaPovo

Desde 2008 ela tem comércio na região e sofre com o problema. O mestrando em Química, Patrick da Silva Mirowski trabalha na conveniência e mesmo não estando por lá diariamente, é afetado pelo cheiro forte. “Eu trabalho aqui em finais de semana e me incomodo bastante”, conta. Ele ressalta que em dias de chuva, casas chegam a ficar alagadas na região. “Alaga a rua inteira. Entra até água nas casas do pessoal”, completa.

Segundo relatos, a placa está na esquina há um mês e moradores aguardam por uma solução.

Fala Povo – o WhatsApp do Jornal Midiamax

As imagens foram enviadas ao Fala Povo, o WhatsApp do Jornal Midiamax, no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax