Por conta de greve, agências da Caixa ficam sem atendimento nesta terça em MS

Categoria faz uma série de reivindicações, entre elas, a inclusão no grupo prioritário de vacinação contra a covid-19
| 27/04/2021
- 11:49
Por conta de greve, agências da Caixa ficam sem atendimento nesta terça em MS
Greve voi decidida por meio de assembleia realizada na última quarta. - (Foto: Reprodução)

O Sindicato dos Bancários anunciou uma greve nacional que deve afetar todas as agências da Caixa Econômica Federal no Brasil, o sindicato que representa a categoria em Mato Grosso do Sul aderiu ao movimento, com isso o atendimento nas agências do Estado deve permanecer paralisado ao longo desta terça-feira (27).

De acordo com o SindicárioNET (Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Campo Grande – MS e Região) a greve, acordada em assembleia realizada na última quarta-feira (22), ocorre por diversas razões.

A primeira delas é a tentativa de privatização da Caixa Seguridade, com a previsão de abertura de capital realizada pelo Governo Federal nesta quinta-feira (29).

Além disso o sindicato e mostra contra a devolução dos IHCDS – operações de empréstimos celebrados entre bancos públicos e a União. De acordo com o sindicato, a devolução antecipada de cerca de R$ 35 bilhões vai descapitalizar o banco, comprometendo sua sustentabilidade financeira.

A categoria também pede pelo pagamento correto do PLR Social, que segundo o próprio sindicato deve ser pago 4% do lucro líquido, o pagamento de 3% teria gerado um prejuízo de até R$ 1.593,00 dependendo do funcionário.

Por fim, a categoria pede por melhores condições de trabalho com mais contratações, proteção contra a e também inclusão dos bancários no grupo prioritário de ção contra a covid.

Em nota, a Caixa afirmou que "participa de mesa permanente de negociação com as representações sindicais", perguntada ela não respondeu quantas agências foram afetadas pela greve e complementou que "está realizando a maior operação de pagamento de benefícios sociais da história, com liberação do Auxílio Emergencial e Bolsa Família".

Apesar da paralisação informada, a assessoria de imprensa do banco informou na tarde desta terça que o atendimento à população ocorreu de forma regular nesta manhã. "Até 13 horas, o banco registrou cerca de 400 mil atendimentos em agências físicas, mais de 6 milhões de transações em caixas eletrônicos e 12 milhões de transações na rede lotérica. A CAIXA realizou ainda o pagamento dos beneficiários do Bolsa Família com NIS final 7 e o crédito dos nascidos em outubro do Auxílio Emergencial", disse em nota.  Matéria atualizada às 14h30 para acréscimo de posicionamento

Veja também

Além de caminhões, mais de 500 jovens que estudam na Bolívia não vão conseguir assistir aula

Últimas notícias