O prefeito Marquinhos Trad (PSD) deve se reunir nesta semana com promoters e com a ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) para decidir sobre o passaporte da vacina e demais regras de biossegurança nos eventos privados na Capital. 

Dezembro é um prato cheio para festas e eventos: celebrações de Natal, festas de Ano Novo, shows e população curtindo a folga na noite campo-grandense, o que torna necessária a adoção de medidas de biossegurança, já que a pandemia pode entrar em uma nova etapa com a variante Ômicron. 

Segundo Marquinhos, os eventos públicos já estão seguindo alguns parâmetros, como o passaporte da vacina, onde o público deve estar vacinado e apresentar o comprovante para participar.

“O que nós temos de concreto é nos eventos públicos. Você vê tudo organizado, com obrigatoriedade do passaporte da vacina, com a obrigatoriedade da máscara e sobretudo [todos] sentados”, disse ele ao Jornal Midiamax na abertura do Reviva Natal, na sexta-feira (10)

O evento, que aconteceu na Rua 14 de Julho com show do Mundo Bita, foi fechado e com restrição de pessoas. Na entrada, era pedido o comprovante da imunização contra o coronavírus e exigido o uso de máscara. Uma área foi isolada com a disposição de cadeiras para o público. 

Procurada pela reportagem, a assessoria da prefeitura informou que ainda não há data marcada para a reunião com os promoters e ACICG na agenda do prefeito.