Governo de MS decide afrouxar toque de recolher em 1h durante Carnaval em 38 cidades

O Governo do Estado deverá publicar decreto nesta quinta-feira (11) para definir o novo horário do toque de recolher em 38 cidades de MS. O decreto da medida, que deverá ser das 23h às 5h, será válido para as cidades no grau de risco laranja e amarelo do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança na […]
| 10/02/2021
- 19:29
Governo de MS decide afrouxar toque de recolher em 1h durante Carnaval em 38 cidades
(Foto Ilustrativa: Leonardo de França, Midiamax) - (Foto Ilustrativa: Leonardo de França, Midiamax)

O Governo do Estado deverá publicar decreto nesta quinta-feira (11) para definir o novo horário do em 38 cidades de MS. O decreto da medida, que deverá ser das 23h às 5h, será válido para as cidades no grau de risco laranja e amarelo do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança na Economia).

Conforme o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, o comitê realizou uma reunião nesta quarta-feira (10) para definir as medidas do novo decreto. Após decisão unanime, ao toque de recolher será ‘afrouxado’ em uma hora.

A mudança no horário de início do que de recolher é pedido da Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) e representantes do comércio, que já se reuniram com representantes do Estado e da Prefeitura de Campo Grande.

Governo de MS decide afrouxar toque de recolher em 1h durante Carnaval em 38 cidades
Geraldo Resende, secretário da SES | Foto: Leonardo de França, Midiamax

“A partir do decreto do Estado, os municípios devem se adequar. Vamos atender em parte o pleito, mas precisamos entender que tem critérios objetivos. O mesmo tratamento a ser dado em Campo Grande, vai ser dado em todos os municípios que estão em bandeira laranja”, disse Resende. Atualmente, 38 cidades do Estado se encontram nas classificações laranja e amarela.

O decreto deve ser publicado nesta quinta-feira no DOE (Diário Oficial do Estado).

Risco para o vírus

No último balanço divulgado com levantamento dos dia 24 a 6 de fevereiro, apenas três cidades estão na faixa amarela, considerada grau tolerável, são elas: Água Clara, Inocência, Selvíria.

Já no grau laranja, de risco médio: Alcinópolis, Amambai, Anastácio, Aparecida do Taboado, Bandeirantes, Bataguassu, Bonito, Brasilândia, Bonito, Caarapó, Camapuã, Campo Grande, Chapadão do Sul, Corguinho, Costa Rica, Coxim, Fátima do Sul, Figueirão, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Jaraguari, Jutí, Maracaju, Miranda, Nioaque, Paraíso da Águas, Paranhos, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo, São Gabriel do Oeste, Terenos e Três Lagoas.

Corumbá, famosa no Estado por representar um dos maiores e mais duradouros Carnavais de rua e passarela, está na faixa vermelha, com alto risco.

‘Folga’ para servidores

Tanto o Governo do Estado quanto a prefeitura informaram que devem reforçar a fiscalização para evitar aglomerações e descumprimento de medidas durante o Carnaval. O município suspendeu o ponto facultativo, porém, devem estar de ‘folga’ no calendário,

O decreto de MS no toque de recolher das 22h às 5h tem vigente até o dia 21 de fevereiro. Assim, estão vedados eventos em vias públicas ou qualquer tipo de aglomeração nestes locais; shows em espaços abertos e fechados; e em clubes ou salões que não permitam o distanciamento de 1,5m.

Veja também

Últimas notícias