Diário Oficial do Estado (DOE)

Living Lab 

Da seleção de bolsistas para atuarem no projeto Laboratório Aberto de Inovação com foco em startups, de iniciativa pública, privada e da comunidade em Mato Grosso do Sul – Living Lab MS – SEBRAE, foi divulgada a lista preliminar de candidatos aprovados na 3° fase de  entrevistas. 

Anexo ao edital constam seis propostas com todas as informações como título do projeto, proponente, critérios para pontuação da entrevista e pontuação final. Conforme o cronograma, os candidatos terão até as 23h59 do dia 19 de dezembro (domingo) para apresentação de recursos via SIGFUNDECT, em formulário específico disponível na área restrita. 

O total de recursos destinado a chamada Living Lab VII é de R$180.000,00 (cento e oitenta mil reais). Serão concedidas quatro bolsas na categoria Coordenação e Pesquisa em Inovação Tecnológica no valor mensal de R$ 3 mil, sendo  três bolsas para atuação em Campo Grande e uma para o município de Bonito. Chamada Living Lab VII

MS Carbono Neutro

Sobre a seleção de Projetos de Pesquisa e Inovação que contribuam para a neutralização das emissões de Gases Efeito Estufa em Mato Grosso do Sul, o MS Carbono Neutro, a divulgou as listas preliminares das propostas recomendadas e não recomendadas. 

O edital traz os anexos com o detalhamento das propostas por faixa de financiamento, e suas respectivas pontuações após a análise de Mérito e Relevância por Consultores ad hoc – FASE 2. 

Conforme o edital, pedidos de reconsideração poderão ser feitos exclusivamente por meio do SIGFUNDECT, em formulário específico disponível na área restrita do proponente. O prazo para envio do pedido termina às 23h59 do dia 19 de dezembro (domingo). 

A chamada MS CARBONO NEUTRO tem por objetivo principal selecionar e apoiar projetos de pesquisa e inovação que contribuam efetivamente para a neutralização das emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) em Mato Grosso do Sul, a serem executados em parcerias entre Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) e Empresas que executam atividades de Pesquisa em Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), sediadas no Estado. 

As propostas aprovadas serão financiadas com recursos da Fundect, provenientes do tesouro do Estado de Mato Grosso do Sul, totalizando até R$4 mi (quatro milhões de reais) para despesas de custeio e capital. Chamada MS Carbono Neutro