Festa em casa, cervejinha no bar: confira o que pode e não pode no Carnaval em Campo Grande

Com as festividades suspensas, o Carnaval deste ano será bem diferente por conta da pandemia. Como as aglomerações favorecem a transmissão do vírus, festas e shows estão proibidos. Porém, a população ainda tem dúvidas sobre o que pode e o que não pode no Carnaval de Campo Grande. É permitido dar uma festa em casa? […]
| 12/02/2021
- 14:18
Foto Ilustrativa: Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto Ilustrativa: Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil - Foto Ilustrativa: Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

Com as festividades suspensas, o Carnaval deste ano será bem diferente por conta da . Como as aglomerações favorecem a transmissão do vírus, festas e shows estão proibidos. Porém, a população ainda tem dúvidas sobre o que pode e o que não pode no Carnaval de Campo Grande. É permitido dar uma festa em casa? Tire estas e outras dúvidas a seguir:

Festas carnavalescas

O decreto municipal suspendeu qualquer atividade que possa acarretar em e reunião de pessoas que tenham por finalidade comemorações de festas carnavalescas, entre esta sexta (12) e quarta-feira (17). Ou seja, os tradicionais blocos de Carnaval estão proibidos e haverá fiscalização na Esplanada Ferroviária. 

Além disso, os shows estão proibidos, sejam eles de música de Carnaval, de música sertaneja, , ou qualquer outro gênero. 

Festas particulares

O decreto municipal permite a realização de festas provadas sem fins lucrativos, como aniversários, casamentos, batizados e formaturas, desde que sejam cumpridas as regras de biossegurança. O limite é de 120 pessoas, com lotação máxima de 40% da capacidade do local.

Festas em casa

Quem realizar uma festa em casa também pode acabar recebendo uma ‘visita’ da fiscalização em caso de aglomeração. A força-tarefa da Prefeitura de Campo Grande irá atuar principalmente na fiscalização de estabelecimentos comerciais, mas em caso de denúncias, as equipes também podem ir até o local. 

Apresentações em bares

Apesar de os shows estarem proibidos, as apresentações musicais em bares e restaurantes são permitidas desde a publicação de decreto em junho do ano passado. Caso os locais tenham um espaço para dança, a prática é proibida pelas pessoas presentes. 

Conveniências

Para evitar aglomerações, o consumo de produtos e bebidas nas conveniências de Campo Grande está proibida durante os dias do Carnaval. O compartilhamento de narguilé e tereré também segue proibido. 

Bares e restaurantes

Os estabelecimentos podem funcionar com lotação máxima de 40% de sua capacidade. É preciso respeitar o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas e de 2 metros entre as mesas, sendo vedada a junção de mesas e limitada a ocupação de no máximo seis pessoas por mesa.

Serviços essenciais

O toque de recolher em Campo Grande começa às 23 horas e segue até as 5 horas da manhã do dia seguinte. Os únicos serviços que podem continuar funcionando após o horário são os essenciais: postos de combustível, serviços de saúde, supermercados, farmácias, serviços delivery, entre outros.

Veja também

Produtos ficaram mais caros por conta da pandemia e guerra na Ucrânia.

Últimas notícias