Cotidiano

Durante dias de decreto, Campo Grande terá funcionamento especial no transporte público

Linhas dos bairros vão operar com tabela de sábado e haverá linha dinâmica após toque de recolher

Mariane Chianezi Publicado em 11/06/2021, às 18h34

None
Marcos Ermínio, Midiamax/de arquivo

Com novo decreto estadual limitando o funcionamento de atividades não essenciais em Mato Grosso do Sul e determinando novo toque de recolher para as cidades de bandeira cinza, Campo Grande terá alteração nos horários do transporte público.

Conforme ordem de serviço encaminhada pela Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) ao Consórcio Guaicurus, entre os dias 14 ao 18 e 21 ao dia 24, as linhas vão operar em tabela de sábado.

Apenas linhas como 061, 070, 075, 079, 102, 118, 507 e 515 vão operar em horário funcional, com tabela referente a segunda-feira a sexta-feira. Outras linhas como 108, 211, 209, 302, 308, 319 e 411 vão operar com plano funcional de sábado com mais dois veículos intercalados das 5h ás 8h e das 15h às 18h30.

Diante do toque de recolher a partir das 20h, também haverá linha dinâmica, que parte do Centro da Capital em três horários pela Praça Ari Coelho. As partidas serão às 21h40, 22h40 e 23h40. Quem for trabalhador de serviço essencial será necessário fazer cadastro para ingressar no transporte em horários a partir das 20h.

Linhas como 234, 417, 418, 419, 422, 424 e 426, deverão operar de acordo com as necessidades das indústrias. Haverá ônibus reservas nos terminais caso haja imprevistos. Os veículos articulados também vão operar, mas nas linhas 065, 080, 087 e 070 pela manhã e à tarde.

Jornal Midiamax