Cotidiano

Com 220 mil doses recebidas, MS já vacinou 75,4 mil pessoas contra a Covid-19

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) atualizou os números do “vacinômetro” e, até a manhã desta segunda-feira (8), 75.410 pessoas já haviam sido vacinadas em Mato Grosso do Sul. O número representa 2,68% da população total do Estado, estimada em 2.809.394 pessoas. Desse total, o maior percentual de doses foi destinado a profissionais da […]

Gabriel Maymone Publicado em 08/02/2021, às 09h41

 Foto: Leonardo de França | Midiamax.
Foto: Leonardo de França | Midiamax. - Foto: Leonardo de França | Midiamax.

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) atualizou os números do “vacinômetro” e, até a manhã desta segunda-feira (8), 75.410 pessoas já haviam sido vacinadas em Mato Grosso do Sul. O número representa 2,68% da população total do Estado, estimada em 2.809.394 pessoas.

Desse total, o maior percentual de doses foi destinado a profissionais da saúde. Neste grupo, foram aplicadas 40.983 doses, que representam 58,71% do total de trabalhadores. O segundo grupo com mais vacinados é o de indígenas que vivem em aldeias, que receberam 28.217 doses. Já os idosos que moram em asilos foram 100% vacinados, chegando a 1.690 no total. Já para deficientes que moram em instituições, foram aplicadas 128 doses.

Por fim, o último grupo que começou a ser vacinado até o momento, o de idosos acima de 80 anos, foram apenas 4.392, que representa 9,57% do total de 45.896 que devem ser imunizados.

Com uma nova remessa de 32 mil vacinas que chegou no domingo (07), Mato Grosso do Sul soma mais de 220 mil doses que foram distribuídas aos 79 municípios do Estado.

Campo Grande

Na Capital, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou pelo “vacinômetro” que já aplicou 16.737 doses, sendo 15.574 em trabalhadores da saúde. Outras 586 foram em idosos – até o momento apenas os que têm 90 anos ou mais. Já em pessoas acima de 60 anos que moram em asilos foram 532 doses aplicadas. Outras 45 foram em deficientes que vivem em instituições.

Até o momento, o município não iniciou a aplicação da segunda dose da vacina.

Jornal Midiamax