Cotidiano

'Bom senso e humildade': confira dicas de como lidar com quem está aprendendo a dirigir em MS

Motorista socou carro de autoescola que afogou com aprendiz e esfaqueou testemunha

Fábio Oruê Publicado em 08/12/2021, às 07h53

Cruzamento onde ocorreu confusão em Campo Grande
Cruzamento onde ocorreu confusão em Campo Grande - Arquivo Midiamax

Em qualquer situação, a violência nunca é um meio de resolver os problemas. Porém, no trânsito estressante são comuns casos como o que aconteceu na tarde de segunda-feira (7), em Campo Grande, onde um motorista esfaqueou uma testemunha que defendeu uma aluna que afogou o carro da autoescola.

Após o problema com o carro no meio da rua, o condutor que vinha logo atrás desceu do seu Uno e gritou com a moça, que fechou os vidros da janela por medo. Uma testemunha se tornou vítima quando, ao ver o autor socando o veículo, foi defendê-la. A forma agressiva como o condutor, que já teve o veículo identificado pela polícia, agiu vai contra o que é recomendado no trânsito. 

Vários fatores contribuem para aumentar a impaciência, o nervosismo e, consequentemente, e irritabilidade dos condutores. A questão é que essa pressão também tende a aumentar xingamentos e brigas no trânsito, piorando a violência e elevando o risco de acidentes.

Confira algumas práticas que devem ser levadas em conta em uma situação envolvendo alguém que está aprendendo a dirigir (e que servem para todos os outros casos também), segundo o Icetran:

  • Educação e respeito

São elementos indispensáveis para lidar com as pessoas e manter uma relação saudável. Ao ser educado no trânsito, é possível evitar brigas e discussões. Além disso, respeitar o outro é colocar-se em seu lugar e nunca fazer algo que não gostaria que fizessem com você. 

  • Bom senso

Em qualquer situação é importante manter a calma para buscar soluções de forma ponderada, principalmente quando alguém ainda está em processo de aprendizagem. Cada problema tem de ser interpretado e resolvido obedecendo às normas do bom senso. Agindo assim fica mais fácil dirigir de forma segura e, se houver algum transtorno, ficar calmo e equilibrado.

  • Flexibilidade

Manter o jogo de cintura é uma maneira eficaz de evitar brigas no trânsito. Se acontecer algo mais sério, procure não agir instintivamente. Pare, respire e tente manter um padrão equilibrado para buscar uma solução viável e, mais que isso, não entrar em conflito. De 'cabeça quente' fica mais complicado resolver questões que, muitas vezes, são simples.

  • Humildade

Esta qualidade é muito importante, pois reconhecer o próprio erro é uma forma de minimizar um problema e todo motorista esteve no papel de aluno. Reconhecer e ser humilde já elimina discussões, brigas e até violência no trânsito.

  • Paciência

Paciência é primordial para dirigir com calma e aplicar cada uma dessas dicas já citadas. Pessoas menos ansiosas e afobadas tendem a dirigir de forma mais responsável, sem querer colocar a segurança sua e do outro em risco.

  • Equilíbrio

Mantenha-se sempre equilibrado enquanto dirige, e mesmo se acontecer algum problema. Essa é uma forma de manter o temperamento equilibrado e evitar estouros desnecessários.

  • Cautela

Ao avistar um carro de autoescola, diminua a velocidade, sinalize de forma correta, evite ultrapassagens de risco. Dirigir com cautela é uma forma de manter a calma e evitar acidentes. Dessa forma, você fica mais tranquilo e, o melhor, contribui para garantir tranquilidade no trânsito.

Jornal Midiamax