Cotidiano

Barreiras abordam 11,8 mil e identificam 18 casos suspeitos de covid em Campo Grande

Somente durante este fim de semana, 11,8 mil pessoas foram abordadas nas barreiras sanitárias de Campo Grande. As barreiras foram retomadas na última semana como uma estratégia de barrar o avanço do coronavírus e foram instaladas em quatro pontos de acesso ao município. Entre as abordagens, foram identificadas 18 pessoas com sintomas O trabalho segue […]

Mylena Rocha Publicado em 15/03/2021, às 10h24 - Atualizado às 10h45

Barreiras operam em quatro pontos de Campo Grande. (Foto: Marcos Ermínio)
Barreiras operam em quatro pontos de Campo Grande. (Foto: Marcos Ermínio) - Barreiras operam em quatro pontos de Campo Grande. (Foto: Marcos Ermínio)

Somente durante este fim de semana, 11,8 mil pessoas foram abordadas nas barreiras sanitárias de Campo Grande. As barreiras foram retomadas na última semana como uma estratégia de barrar o avanço do coronavírus e foram instaladas em quatro pontos de acesso ao município. Entre as abordagens, foram identificadas 18 pessoas com sintomas

O trabalho segue durante a semana, das 7h30 às 17h. Conforme informações da Prefeitura de Campo Grande, entre sábado (13) e domingo (14) foram contabilizados 5.689 veículos com placas de cidades do interior e de fora do Estado entrando no município, resultando na abordagem de 11.815 pessoas. 

Durante a triagem foram identificadas 18 pessoas com sintomas leves. Todos foram orientados a procurar um serviço de saúde. As intervenções ocorrem em quatro pontos estratégicos nas saídas para Cuiabá, Sidrolândia, São Paulo e Três Lagoas, onde há um fluxo maior de veículos vindo dos municípios do interior e de fora do Estado. Até o momento já foram 12.277 veículos abordados e 24.372 pessoas orientadas.

Além das barreiras sanitárias, a Prefeitura ainda adotou outras estratégias, como a desinfecção de ruas e terminais e ampliação das ações de fiscalização. O trabalho conta com o apoio da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), GCM (Guarda Civil Metropolitana), Polícia Rodoviária Federal, Detran (Departamento Estadual de Trânsito), Polícia Militar e todas as secretarias municipais.

Jornal Midiamax